Brasileiros na Flórida apostam na Seleção, na conquista do ouro contra a Espanha

Seleção Brasileira de Futebol comemora classificação para disputar a final contra a Espanha

 

A disputa do ouro será no sábado, 8h30, contra a Espanha, no estádio Internacional de Yokohama. O Brasil venceu o México nos pênaltis – 4 a 1 – garantindo vaga na grande final. Os espanhóis venceram o Japão, no fim da prorrogação. Torcedores na Flórida, confiantes na Seleção de Futebol Olímpica

 

Da Redação

Após um jogo tenso e vencer o México nos pênaltis –  4 a 1, depois de empate sem gols no tempo regulamentar e prorrogação –, a Seleção Brasileira de Futebol Olímpica está mais próxima da conquista do ouro nas Olimpíadas de Tóquio. O Brasil enfrenta a Espanha no sábado, 8h30, no estádio Internacional de Yokohama. E se vencer, a Seleção vai ter sua sétima medalha na história do futebol masculino.

 

A grande jogada – Os torcedores brasileiros na Flórida apostam na conquista da Seleção, e torcem pelo ouro, em uma partida que promete ser acirrada, já que os espanhóis garantem que estão bem preparados para o confronto decisivo.

Foi um confronto de gigantes entre Brasil e México, nesta terça-feira, Após um 0 a 0 no tempo normal e na prorrogação, a disputa foi para a marca dos 7m. Mesmo com um goleiro experiente na baliza mexicana, o conhecido Ochoa, os brasileiros não se intimidaram e acertaram as 4 cobranças – a 5ª não foi necessária.

O goleiro brasileiro, Santos, pegou a primeira cobrança e o segundo batedor mexicano chutou na trave. Resultado final, 4×1 Brasil nas cobranças e passaportes para a final à espera agora de Japão ou Espanha que se enfrentam nesta terça, ás 8h.

Com 7 pontos em 3 jogos, o Brasil garantiu a vaga para a próxima fase como líder do grupo D. A 2ª vaga ficou com a seleção da Costa do Marfim, que somou 5 pontos. A Alemanha, uma das favoritas ao título, foi eliminada, ficando na 3ª posição.

O Brasil foi ouro em 2016, prata em 1984, 1988 e 2012 e bronze em 1996 e 2008. Em busca do bicampeonato, a seleção brasileira masculina chega à terceira final olímpica seguida. A primeira participação brasileira do futebol masculino nos jogos é de 1952. Desde então, participou de 14 edições. Ficou fora de Barcelona 1992 e Atenas 2004.