Brand USA: Brasil não quer fim do visto

Brand USA: Brasil não quer fim do visto

bandeiraApesar de informações de que o Brasil estaria se preparando para cumprir os pedidos do governo norte-americano para acabar com a exigência de visto para brasileiros entrarem nos Estados Unidos, a Brand USA, entidade de turismo americana, diz que o panorama não é bem esse.

A empresa, que atua de forma parecida à Embratur, acredita que o governo brasileiro não esteja interessado em acabar com o visto, para evitar que mais brasileiros gastem dinheiro nos Estados Unidos e incentivar o turismo nacional.

“O Visa Waiver (programa americano de isenção de vistos) seria importante para gerar ainda mais demanda, mas o Brasil não quer isso integralmente. O Brasil apoia o turismo interno. É uma questão política”, afirmou o diretor Brand USA, Alfredo Gonzalez, durante um evento de turismo em Miami, segundo informações do Panrotas, site especializado no assunto.

De acordo como site, a afirmação foi feita a partir de uma pergunta sobre a razão pela qual o Chile faz parte do Visa Waiver, sendo que o país sofre com a falta de capacidade aérea aos Estados Unidos, e o Brasil está fora, mesmo com companhias iniciando voos entre os países, como a Azul, e outras aumentando o número de viagens para os EUA.

Em março, o Chile foi o primeiro país da América Latina a ser liberado de requisito de visto prévio para viagens de até 90 dias para negócios ou turismo nos Estados Unidos.

No ano passado, 250 mil chilenos visitaram os Estados Unidos. A população do país é de 16 milhões.

Já no Brasil, um país de 200 milhões de habitantes, foram 1,1 milhão de vistos foram processados em 2012, ano no qual os turistas brasileiros gastaram US$ 8 bilhões nos Estados Unidos, um aumento de 17% em relação ao ano anterior.

Fonte: baguete.com.br