Boa notícia para os donos de apartamento

Boa notícia para os donos de apartamento

voltar

AGO/2016 – pág. 33

sua_casa_vera

Os proprietários de apartamentos, provavelmente, terão um motivo para sorrir. Em 14 de julho, o congresso aprovou a lei HR 3700: “Housing Opportunity Through Modernization Act”, que facilitará as restrições impostas aos condomínios de apartamentos que dificultavam empréstimos para a compra deles, afetando os donos desses imóveis (em caso de venda) e os potenciais compradores.

Hoje, na área de Orlando e Kissimmee, quase nenhum condomínio de apartamentos qualifica-se para um empréstimo normal. Quando existe essa possibilidade, precisa-se dar uma entrada exorbitante, o que faz com que grande parte dos interessados busque outro tipo de imóvel.

A queda do mercado imobiliário foi um dos fatores que mais contribuiu para a rigidez na aprovação do condomínio de apartamentos por intermédio do FHA “Fair Housing Administration”. Sem essa aprovação, o futuro proprietário precisa buscar outros tipos de empréstimos e dar uma entrada maior do que a normal: 3.5% com o FHA.

Os condomínios de apartamentos foram os que mais sofreram quando o mercado imobiliário entrou em crise, porque, a partir do momento em que os investidores viram que não conseguiam vender seu imóvel ou alugá-lo, a alternativa foi abandoná-lo.

Infelizmente, por ser condomínio de apartamentos, as consequências foram muito mais desastrosas do que com casas. A maior parte desses condomínios divide a conta de água, manutenção do jardim, área de lazer, portão eletrônico etc. Sem encontrar melhor alternativa, os investidores – que não viviam no condomínio como residência primária – pararam de pagar, em primeiro lugar, essa divisão; e, depois, o empréstimo. Foi uma verdadeira tragédia, pois os moradores (proprietários e inquilinos) que moravam no condomínio tiveram que arcar com uma despesa muito grande, sem condições de pagá-la. A água começou a ser cortada; bem como o visual externo, a se deteriorar. O que aconteceu? Os inquilinos mudaram, mas os proprietários que viviam nesses condomínios – sem opção – tiveram que ficar. Essa é uma das razões por que o FHA exigirá que 50% dos proprietários devam viver em um condomínio de apartamentos como residência primária para aprovar um novo. Essa legislação está na mesa do presidente para ser assinada e entrar em vigor.

Com a nova lei, aquele que tiver intenção de comprar um imóvel mais econômico terá essa opção, assim como aquele que possuir um apartamento e quiser vendê-lo para comprar um maior (e/o com valor maior) terá mais facilidade. Estamos na expectativa que essa lei entre em vigor o mais rápido possível. Nós a anunciaremos assim que isso acontecer.


VeraMendoncaCOLOR

Vera Mendonça – Realtor
(407)367-8711
vera@nossagente.net