Aumento da variante em Nova York cancela “Brazilian Day”, anuncia João de Matos

Adiada festa do “Brazilian Day” em Nova York, programada para 5 de setembro

 

O evento estimado para acontecer no dia 5 de setembro, em Nova York, foi cancelado, anunciou oficialmente João de Matos, idealizador do “Brazilian Day” –BR Day. “Sinceramente, dói muito fazer esse comunicado”, lamentou o empresário

 

Da Redação

Em pronunciamento à imprensa e a Comunidade, o empresário João de Matos – idealizador do “Brazilian Day (BR DAY)”, a maior festa brasileira nos EUA –, anunciou que as comemorações da Independência do Brasil, agendadas para ocorrer em 5 de setembro, em Manhattan , Nova York, foram canceladas. O aumento da variante delta na cidade adiou o evento que vinha sendo esperado por brasileiros em várias cidades. Entretanto, para a segurança de todos a edição de 2021 não ocorrerá, afinal, o “BR Day” reúne mais de um milhão de pessoas, “ o que seria um grande risco”, complementou Matos.

 

João de Matos explica cancelamento da festa – “Sinceramente, dói muito fazer esse comunicado. Porém, pela situação, pelos conhecidos que partiram, pela incapacidade do cumprimento dos prazos estabelecidos, pelo retrocesso da economia e dos patrocínios, o prefeito de New York acabou um “press conference “ anunciando que nenhuma licença será dada, por todas as incertezas. E não me restou outra alternativa senão adiar mais uma vez a nossa festa”, lamentou.

Tradicional em suas edições, há mais de três décadas, o “BR Day”, acontece na Rua 46, também conhecida como “Little Brazil”, no domingo que antecede o feriado do Dia do Trabalho nos EUA. Atualmente, a festa ocupa aproximadamente 25 quarteirões – se intensificando na Sexta Avenida. O evento é um sucesso, atraindo brasileiros de várias partes dos EUA.

“Peço a todos que se cuidem e sigam as determinações de nossos líderes. Todos nós voltaremos mais fortes para juntos fazermos a maior festa brasileira fora do Brasil. BR Day, a sua festa!”, finalizou João de Matos.