Atrasos e cancelamentos de voos na Flórida trazem caos ao passageiro no 4 de julho

Atrasos e cancelamentos de voos trazem transtornos ao passageiro, que fica durante horas no saguão

Os aeroportos da Flórida enfrentam problemas com escassez de pilotos e pessoal de terra das companhias aéreas, provocando atrasos e cancelamentos de voos, comprometendo o feriado de 4 de julho. A preocupação dos passageiros é com a volta para casa

Da Redação – Com números recordes de voos em atrasos – e cancelados –, pela falta de pilotos e pessoal que atua em terra, a crise nas companhias aéreas dos EUA reflete nos aeroportos da Flórida, comprometendo o feriado de 4 de julho. Os passageiros que embarcaram nos aeroportos de “Miami International (MIA)” e “Fort Lauderdale-Hollywood International (FLL)”, tiveram que enfrentar longas filas no check-in, e a preocupação é na volta para casa.

Depois de dois anos em que muitas pessoas ficaram em casa em vez de fazer viagens de verão devido à pandemia, moradores da Flórida planejaram férias que incluem viagens aéreas. Por outro lado, muitos visitantes vêm convergindo para o sul da Flórida para uma viagem em família. A demanda por viagens aéreas certamente testará os aeroportos da região para mantê-los funcionando sem problemas durante o resto do verão, com atrasos e cancelamentos de voos.

______continua após a publicidade_______

seguro

Houve redução no tráfego geral de aeronaves em junho: média de 977 voos diários, abaixo dos 1.057 em maio. Greg Chin, porta-voz do “Departamento de Aviação de Miami-Dade”, responsável pelas operações do aeroporto, disse que os recentes atrasos e cancelamentos de voos são devido a escassez de pilotos e pessoal de terra.  

No aeroporto de Fort Lauderdale, as autoridades disseram que estão lidando com a mesma escassez de pessoal que muitas outras empresas regionais e nacionais, mas estão trabalhando duro para contratar e treinar pessoas para atender à demanda de viagens.

Uma Feira de Empregos está sendo planejada para ser realizada no aeroporto em agosto, depois que a Feira que aconteceu em setembro de 2021 preencheu 800 empregos em empresas aeroportuárias.

Protestos de funcionários

Em maio, os comissários de bordo da “Spirit Airlines”, a maior transportadora do aeroporto de Fort Lauderdale, realizaram uma manifestação para protestar contra as más condições de trabalho, incluindo excesso de trabalho, disseram líderes sindicais.

Eles disseram que a “Spirit” teve pelo menos quatro cancelamentos em massa desde agosto de 2021 em vários aeroportos e alegaram que muitos comissários de bordo e passageiros ficaram presos.

O momento é de protestos de pilotos e funcionários que trabalham em terra nos aeroportos dos EUA, que reivindicam melhores condições de trabalho e remuneração. Em contrapartida, quem sofre são os passageiros, que reclamam com cancelamentos de voo e a demora no atendimento, em tempos de aeroportos lotados.



____________________publicidade___________________

seguro

anuncie