Assembleia de Deus Catedral integra corrente de ajuda aos brasileiros com distribuição de alimentos

Pastor Darci Amarante, da Assembleia de Deus Catedral, faz campanha de ajuda às famílias

 

A pandemia trouxe dificuldades às famílias brasileiras, em Orlando, que perderam trabalho e não recebem ajuda do governo, intensificando a ação social das igrejas. O Pastor Darci Amarante, da Assembleia de Deus Catedral, fala do trabalho humanitário que tem beneficiado as comunidades 

Da Redação

Para o Pastor Darci Amarante, da Assembleia de Deus Catedral, quando consultado sobre distanciamento social e das restrições em tempos de pandemia, é um momento de reflexão e de adaptação da humanidade com as mudanças que ocorrem no mundo. Segundo ele, “vivemos uma situação inédita porque o mundo parou e nenhum de nós estava preparado para o que vem acontecendo nos dias de hoje. É um novo normal, que pegou a todos de surpresa e, o mais agravante é que a Organização Mundial da Saúde (OMS), escondeu o potencial do coronavírus no início, e todos achavam que seria um vírus fraco. E o fato de estar acontecendo na China, não atravessaria as fronteiras, mas veja no que resultou tudo isso”, fala com apreensão.

Fiéis da Assembleia de Deus – “Foram fechadas as fronteiras com a China, mas o perigo veio da Europa, se propagou nos Estados Unidos e no resto do mundo. Em fevereiro, eu estava em Nova York, quando aconteceu aquela explosão de casos de Covid-19, que foi alarmante. E, hoje, a Flórida se tornou o epicentro da pandemia, o que causou pânico na comunidade por aqui. As pessoas estão fechadas em casa, e as informações são desencontradas, desencadeando o isolamento horizontal, com pessoas ficando doentes em casa. Muitos brasileiros, assim como americanos e pessoas de outras comunidades, perderam seus trabalhos. A situação trouxe dificuldades financeiras, mas, em contrapartida, a ação solidária cresceu entre as igrejas da Flórida”, ressalta o pastor.

Pastores Paulo Sacramento,Carlos Zacarkim e Darci Amarante – “Hoje, em todas as comunidades, a corrente de solidariedade se intensificou, mobilizando líderes, religiosos, enfim, todos na mesma frequência com o intuito de realizar o bem, de ajudar a quem precisa em tempos tão difíceis. E, como acontece no Brasil, nos Estados Unidos o governo americano disponibilizou o auxílio emergencial para os cidadãos em dificuldades, mas muitos dos brasileiros, que vivem na Flórida – como em outros estados americanos –, não têm status imigratório. Isso significa que eles não estão recebendo ajuda emergencial do governo, o que agrava ainda mais a situação dessas famílias. E esses brasileiros, sem documentos, temem pedir ajuda com medo da deportação”, enfatiza.

“As igrejas se uniram e estão fazendo o trabalho de distribuição de cestas básicas aos brasileiros em dificuldades. E essa distribuição de alimentos tem sido muito bem coordenada porque o ato de religiosidade, como nos ensina a Bíblia – ajudar a quem precisa de socorro –, tornou-se um gesto de amor e muito empenho por parte das igrejas. Houve agilidade nas igrejas, socorrendo a todos. Paralelo a esse trabalho, há também campanhas com o mesmo intuito”, aponta. “E é exatamente isso que a nossa igreja tem feito nesses meses de isolamento social, de pessoas em casa sem trabalho. Não temos medido esforços para levar o alimento à mesa de tantas famílias que sofrem com a pandemia”, complementa Darci.

Cidadão canadense

Cidadão canadense, o Pastor Darci Amarante, natural de Farroupilha, no Rio Grande do Sul – ministerialmente de Florianópolis (SC), como se denomina –, disse que foi enviado ao Canadá, pela igreja Assembleia, onde cumpriu missão religiosa durante 19 anos, em Toronto. Em 2011 veio a Orlando, mas em seguida retornou a Toronto, posteriormente voltando a Orlando, em janeiro de 2016. “A Flórida é um estado multicultural e a nossa igreja atende a todos, de outras comunidades. Cheguei antes da pandemia, e, hoje, temos um trabalho muito atuante, ajudando os brasileiros, como foi falado, e a quem precisa”, ressalta.

O Pastor Darci, atualmente, está em missão religiosa, na cidade de Fort Lauderdale, seguindo com seu trabalho humanitário, com arrecadação e distribuição de alimentos. “Estamos de portas abertas para acolher aos necessitados. Esse o trabalho da nossa igreja, na Flórida”, finaliza.

Serviço

Contato Pastor Darci Amarante: amaranteamerica@gmail.com

Fone – 407-558-7793