Assaltado em Orlando

Assaltado em Orlando

Vice-prefeito de Olinda alerta turista brasileiro

Assaltado em Orlando

O assalto ao carro do vice-prefeito de Olinda (PE), Marcio Botelho, em Orlando, no último dia 27 de novembro – por volta das 5:45pm –, após um dia de visita as lojas do “Outlett Primium”, na International Drive, transformou o passeio em momentos de apreensão. Ele estava na companhia da esposa e de um casal de amigos quando o lamentável episódio ocorreu. O veículo que estava estacionado no parking de uma empresa que realiza voos turísticos, em frente ao Seabra, foi arrombado e levaram tudo que tinham comprado, além de documentos e dinheiro. A polícia foi acionada, e um policial brasileiro ajudou na tradução e averiguação das câmeras de seguranças local, que identificaram a ação dos ladrões a bordo de uma van – quebraram os vidros para consumar o roubo.

Segundo relata o do vice-prefeito, o assalto ocorreu em questões de minutos, no exato momento em que todos deixaram o veículo para realizar o voo de helicóptero, mas retornaram em segundos para pegar documentos e dinheiro deixados no veículo. E qual não foi o desespero ao se depararem com o carro arrombado e todos os seus pertences roubados. Por sorte, acrescenta Márcio, trazia consigo seu passaporte e um cartão de crédito, “foi o que restou”, lamenta.

“Fiz questão de relatar o assalto devido ao grande número de brasileiros que estão chegando a Orlando nessa época do ano. É importante que o visitante não deixe seus documentos, em momento algum, seja no quarto do hotel ou no carro; não confie em pessoas que não tenham alguma referência para lhe acompanhar em parques ou compras; procure ficar em hotéis com referências; evite andar sozinho, e sempre que estiver em compras observe ao redor se estão sendo observados”, alerta Marcio Botelho.

“Graças a Deus todos estão bem, mas não pense você que o fato de estar nos Estados Unidos que esse tipo de situação não aconteça. O americano não faz esse tipo de coisa, seria quase impossível, entretanto, há um grande número de pessoas de diversas partes do mundo, com culturas diversas e sem vontade alguma de trabalhar e trazem na mala históricos de crimes, então cuidem-se!”, reforça.
O vice-prefeito de Olinda agradeceu a empresa aérea Azul e a locadora de carros que lhe prestaram um atendimento “maravilhoso facilitaram todos os ajustes necessários”. O passaporte da esposa foi providenciado pelo Consulado Brasileiro.