Após arrancada do furacão, Vágner Mancici prevê rivais na retrancas

Após arrancada do furacão, Vágner Mancici prevê rivais na retrancas

Técnico foi o convidado do programa “Bem, Amigos!” dessa semana e vê o Atlético-PR como um time a ser batido pelos adversários

‘Dificuldade vai existir em todos os jogos’

Vágner Mancini © Washington Alves/Light Press
Vágner Mancini
© Washington Alves/Light Press

O Atlético-PR deu uma arrancada e tanto no Brasileirão. Era o penúltimo na sétima rodada, engatou uma série de 12 jogos sem perder (com oito vitórias e quatro empates) e fechou o primeiro turno na quarta posição. O técnico do Furacão, Vágner Mancini, porém, não se deixa iludir pelo bom momento e sabe que ainda tem muita estrada a percorrer na trilha até a classificação para a Taça Libertadores de 2014. O treinador prevê dificuldades para manter a invencibilidade.

– Esse momento torna o Atlético mais visado pelos adversários. Os quatro do topo são os times a serem batidos. O Atlético viu que tinha de dar as mãos e seguir firme o propósito de somar o maior número de pontos. Antes, os times jogavam mais abertos, até mesmo em Curitiba. Hoje, eles se preocupam mais. É uma tendência natural do futebol, os times que se destacam ter esse perfil de adversário. Mas é o mesmo campeonato. A dificuldade vai existir ao longo de todos os jogos – disse o técnico, nos bastidores do programa “Bem, Amigos”, do canal PFC.

Apesar de dar continuidade à série invicta, o Furacão teve muito trabalho nos dois primeiros jogos de setembro. Depois de abrir 2 a 0 diante do Santos em Curitiba, o Atlético viu o adversário reagir e passou sufoco para garantir o triunfo por 2 a 1. Contra o Vasco, os comandados de Mancini saíram zerados de São Januário, mas ao menos também não tomaram gols. O técnico conta que faz um trabalho psicológico com os jogadores para que a condição de time sensação do momento pese a favor.

– Tem de jogar limpo com eles, mostrar aos jogadores a realidade de como foi difícil sair de 19º para chegar ao G-4 e tocar no assunto todos os dias para que seja valorizado o momento atual. Não dá para iludir o jogador. Quando chegar à fase final do campeonato, aí estabeleceremos novas metas. Por enquanto, temos de somar o maior número de pontos possíveis.

O Atlético-PR volta a campo nesta quarta-feira, às 19h30m, quando mede forças com o Fluminense no estádio Durival de Britto. O Furacão soma 34 pontos e só está atrás de Cruzeiro (40), Botafogo (36) e Grêmio (34) na classificação do Brasileirão. O canal PFC Internacional transmite a partida ao vivo.