Aplicações Clínicas da Terapia CranioSacral

voltar

JUL/14 – pág. 65

medicina_naturalA Terapia CranioSacral (TCS) é um método manual, sutil, de avaliação e de tratamento global do corpo, que pode ter um impacto positivo sobre vários sistemas corporais.

A Terapia CranioSacral é bem conhecida por suas múltiplas aplicações e resultados positivos em milhares de casos, facilitando e reforçando os mecanismos de autocorreção do corpo.

Síndromes de dor crônica

Artrite – degenerativa e inflamatória

A TCS reforça o movimento do fluído, libera o tônus muscular e dessensibiliza os segmentos facilitados, o que contribui para o rejuvenescimento articular. Excelentes respostas foram relatadas, incluindo alguns resultados que apresentaram normalização dos exames sanguíneos.

Síndromes de cefaleia – migrânea, cefaleia tensional, congestão de líquido e síndromes hormonais

Disfunções vertebrais

Escolioses, instabilidades lombares (lombares e lombossacrais), compressões discais, complicações pós-operatórias e outras. Uma vez que a causa subjacente é descoberta, a TCS é eficaz em resolver os problemas biomecânicos, neurogênicos e do segmento facilitado.

Lesões traumáticas

Os praticantes de TCS tratam uma grande variedade de lesões traumáticas cerebrais e da medula espinhal, incluindo lesões sem fratura do crânio, lesões da medula espinhal, lesões em chicote e estiramento de outros ligamentos espinhais, e sequelas de lesões do sistema nervoso. O sucesso do tratamento varia dependendo da extensão e da gravidade da lesão. Eu, geralmente, obtenho bons resultados com pacientes que sofrem de apreensão após lesões no crânio, frequentemente descartando a necessidade de mais medicação. Embora um pequeno número de casos não responda à TCS, eu tenho tratado pacientes com ansiedade desde 1975 e ainda vejo uma reação adversa.

Tenho visto melhoras moderadas no movimento de membros paralisados devido a lesões cranianas. A melhora mais significativa geralmente aparece na área do intelecto e interação social. Tenho observado notáveis melhoras na visão, audição, olfato e gustação, e em disfunções autonômicas secundárias, tais como desequilíbrio, função cardiopulmonar, funcionamento intestinal, função sexual e outras condições relacionadas. Os resultados positivos provavelmente são devido aos efeitos da TCS sobre o sistema nervoso autônomo e sobre os segmentos medulares relacionados, assim como a sua capacidade de reduzir o estresse e a ansiedade.

Problemas de insuficiência cerebrovascular

A TCS demonstra ser eficaz na prevenção e na recuperação após um acidente vascular cerebral, quando uma trombose ou uma insuficiência circulatória é o agente causador. Assim que a condição do paciente estabilizar após o AVC e o risco de hemorragia passar, a TCS pode ajudar de forma eficaz, eliminando subprodutos tóxicos da deterioração das células sanguíneas, para ajudar a possibilitar uma recuperação mais rápida.

Desordens endócrinas

A maioria destes problemas, incluindo tensão pré-menstrual, disfunção da pituitária, problemas da glândula pineal e problemas emocionais relacionados, frequentemente responde favoravelmente à TCS. Ela aumenta a mobilização de fluídos e o equilíbrio autonômico, melhora o controle endócrino e alivia os sintomas neuromusculoesqueléticos e psicoemocionais. Liberando as mangas durais, que podem estar restringindo a saída de nervos para as glândulas adrenais, tireoide, baço, fígado, timo e glândulas reprodutivas, também tem sido muito útil nestes pacientes.

Perspectivas para o futuro

Ao longo da última década, os resultados clínicos positivos e o crescimento da aceitação pelo público em relação aos métodos de saúde complementares e integrativos causaram um aumento na demanda pela Terapia CranioSacral. A TCS continua a ser bem conhecida como um facilitador eficaz para o processo inerente de cura do qual todo ser humano é dotado. Porém, seu grande valor pode ser visto bem cedo no ciclo da vida: na maternidade. A TCS parece ser um eficaz neutralizador para todos os tipos de traumas de parto e seus efeitos potenciais sobre o cérebro e a medula espinhal, incluindo as funções autonômicas, endócrinas e imunológicas. Há pesquisas que sugerem que o processo de parto em si pode ser responsável por inúmeras disfunções cerebrais e problemas do sistema nervoso central. A TCS, realizada desde o primeiro dia de vida, poderia reduzir potencialmente uma grande variedade de dificuldades, muitas das quais podem tornar-se aparentes somente mais tarde.

A TCS também é vista como um método de integração do corpo, mente e espírito. O foco na saúde integral pode resultar em uma significativa redução das doenças e melhora da qualidade de vida.

Fonte: Artigo CranioSacral Therapy, escrito pelo Dr. John Upledger e adaptado por Grace Wasth, Craneosacral Therapist

Elly Tuchler
Médica Acupunturista
www.acuhomeo.com
(407) 373-0606