Ao atingir o Texas tempestade Nicholas vira furacão; autoridades em alerta 

Tempestade Nicholas chega ao Texas com ventos de 120 km/h deixando todos em alerta 

 

Tempestade Nicholas ganha força de furacão e chega ao Texas com ventos de 120 km/h. O governador do Texas, Greg Abbott, alertou a população e disse também que irá declarar estado de emergência em 17 condados e 3 cidades na costa e que equipes de resgate por barcos e helicópteros estão em alerta 

 

Da Redação 

O que não era esperado aconteceu: a tempestade tropical Nicholas ganhou força e se tornou um furacão de categoria 1  – de uma escala que vai até 5 -,  pouco antes de atingir a costa do Golfo dos EUA nesta terça-feira. A tormenta tocou o solo do Texas a 55 km da cidade de Freeport e agora segue para Houston, segundo o Centro Nacional de Furacões dos EUA (NHC). 

O Nicholas levará muita chuva ao Texas até quarta-feira (15) e à Louisiana e ao Mississippi até quinta-feira (16). Não há relatos de danos e vítimas até o momento. 

Após tocar o solo, o Nicholas enfraqueceu e voltou a ser uma tempestade tropical – e pode perder ainda mais intensidade e virar uma depressão tropical na quarta -, afirmou o NHC. 

O governador do Texas, Greg Abbott, alertou a população na tarde de segunda-feira (13) sobre os próximos dias: “Será uma tempestade de avanço lento pelo Texas, de vários dias, e vai descarregar uma quantidade imensa se chuva”, afirmou Abbott. “As pessoas precisam estar preparadas para eventos extremos com alto nível de água.” 

O governador do Texas disse também que irá declarar estado de emergência em 17 condados e 3 cidades na costa e que equipes de resgate por barcos e helicópteros estão em alerta.  

 

Outros Estados 

Pode chover mais de 500 mm de água em algumas áreas do Texas até quarta-feira (15) e até 250 mm em partes do centro-sul da Louisiana e sul do Mississippi até quinta (16), segundo o NHC. 

Os dois estados ainda se recuperam dos danos causados pelo furacão Ida, que causou duas mortes em cada um causou chuvas históricas e um rastro de destruição até no Nordeste dos EUA.