Acidente mata cinco brasileiros em estrada na Flórida

Acidente mata cinco brasileiros em estrada na Flórida

Ao menos cinco brasileiros morreram no acidente que fez dez vítimas fatais, no domingo, em uma estrada da Flórida, nos Estados Unidos . O pastor Fábio Bertoni, conhecido dos acidentados, confirmou a morte de José Júnior do Carmo e parte da sua família – Adriana (esposa) e Letícia (filha). Além deles, morreram o irmão do pastor, também chamado José, e sua esposa, Rose.

O acidente pode ter sido provocado pela densa fumaça de um incêndio e pelo nevoeiro, segundo informações de um porta-voz da Patrulha de Estradas do estado.

Antes do acidente as autoridades locais tinham fechado a estrada pela falta de visibilidade, mas a reabriram quando consideraram que as condições tinham melhorado.

As autoridades acham que a fumaça de um incêndio provocado perto da rodovia I-75, nas imediações de Gainesville (norte da Flórida), reduziu muito a visibilidade, que já era pouca por causa de um denso nevoeiro.

As colisões aconteceram em ambos os sentidos da estrada, fazendo com que muitos veículos ficassem presos. Segundo o porta-voz alguns deles pegaram fogo.

“Meu automóvel foi atingido duas vezes. Não se via nada mais do que fumaça e chamas, mas se ouviam as batidas de um veículo contra outro. Era como se alguém os estivesse lançando uns contra os outros. Também se ouviam explosões”, contou o motorista de um dos veículos acidentados ao jornal ′The Gainesville Sun`.

Pelo menos cinco veículos pesados e vários carros se envolveram no acidente. Cerca de 18 pessoas foram levadas para hospitais próximos.

O trânsito das seis pistas da I-75 – que percorre a Flórida do norte aos sul – teve de ser interrompido durante boa parte do domingo, assim como a estrada US 441, onde segundo o jornal, também aconteceram vários acidentes por causa da fumaça e do nevoeiro.

A Polícia e equipes de resgate tiveram grandes dificuldades para ter acesso aos veículos acidentados e avaliar a situação das vítimas devido à pouca visibilidade.

Da Agência O Globo