Acessórios bem cuidados e esterilizados para o seu bebé

Acessórios bem cuidados e esterilizados para o seu bebé

Receber um bebé em casa e sinonimo de planeamento para que nada lhe falte em conforto e segurança. Em todos os enxovais se multiplicam os acessórios, incluído chupetas e os destinados à alimentação, ou seja biberões e tetinas.

Receber um bebé em casa e sinonimo de planeamento para que nada lhe falte em conforto e segurança. Em todos os enxovais se multiplicam os acessórios, incluído chupetas e os destinados à alimentação, ou seja biberões e tetinas.

São muitos os modelos e grande a escolha. Mas o mais importante é fazer escolhas seguras. O que passa por escolher acessórios adequados ao desenvolvimento do bebé –as chupetas, por exemplo, estão disponíveis em vários tamanhos que acompanham o crescimento do palato, já as tetinas permitem fluxo adequados à idade do bebé e à densidade do leite; e os biberões apresentam diferentes capacidades consoante o volume de leite necessário para alimentar o bebé.

Igualmente importante é utilizar correctamente estes acessórios, quer em nome da segurança, quer em nome do bem-estar e da saúde. O que envolve a manutenção dos acessórios em com estado e a sua substituição sempre que se encontrem danificados. E envolve também cuidados de higiene e esterilização a respeitar desde o primeiro dias.

As chupetas devem ser lavadas com frequência e os biberões e as tetinas, bem como as colheres e os doseadores, devem ser lavados apões cada utilização: sempre com água quente (potável), detergente e escovilhões próprios.

Depois de lavados e enxaguados, há que esterilizá-los. Este é um processo recomendado pelo menos até o bebé completar quatro meses, podendo ser feito a quente ou a frio: a maioria dos acessórios suporta qualquer um destes métodos.

A esterilização a quente pode recorrer à tradicional fervura, devendo mergulhar-se por completo os acessórios em água já a ferver. Tetinas e chupetas não devem ser  fervidas por mais de três minutos, enquanto os biberões só ficam correctamente esterilizados ao fim de dez minutos.

É também possível esterilizar a quente utilizando um aparelho eléctrico, que funciona através de jactos de vapor de água que eliminam as bactérias e resíduos que tenham ficado agarrados aos acessórios. Este processo dura entre 15 a 20 minutos. O microondas é outra possibilidade: os acessórios colocam-se num depósito com água devendo ser respeitadas as instruções do fabricante quanto ao tempo de esterilização e à potência a utilizar.

No que respeita à esterilização o frio, envolve a submersão dos acessórios em água que foi dissolvido um desinfectante químico, disponível em comprimidos ou líquidos. Uma vez esterilizados, os acessórios devem ser mantidos fechados, com a tetina colocada ao contrário e a tampa protectora, até ser novamente hora de alimentar o bebé. E a chupeta deve se guardada numa caixa própria até que o bebé reclame o conforto que ela lhe porciona .

Autor: Rui

Perfil do Autor: http://farmaciaturcifalense.blogspot.com/