10 dicas para reduzir gastos na manutenção da casa

10 dicas para reduzir gastos na manutenção da casa

Edição de março/2020 – p. 29

10 dicas para reduzir gastos na manutenção da casa

Gastos de manutenção de uma casa são altos. Será que você gasta mais do que o necessário para fazer a manutenção de sua casa? A seguir, os dez erros mais comuns:

1) Usar lâmpadas tradicionais

Ter lâmpadas incandescentes em casa significa “jogar muito dinheiro fora” todos os meses. Considerando o tempo de vida de uma lâmpada incandescente, o gasto pode chegar a $180.00 de eletricidade. Uma lâmpada CFL gasta $41.00; e as lâmpadas LED, somente $30.00 pelo tempo de vida. Imagina o quanto podemos economizar se todas as lâmpadas da casa forem atualizadas.

2) Ignorar uma pia com vazamento

Uma pia que tenha vazamento de uma gota por segundo pode gastar mais de 3.000 galões de água por ano (quantia suficiente para 180 banhos). Alguns de nós vivem em áreas onde há bastante água; mas, para aqueles que vivem em uma área seca, isso poderá custar uma fortuna. Arrume ou troque a pia… e economize muito em sua conta de água.

3) Comprar o tamanho incorreto do filtro de ar-condicionado ou usá-lo sujo

Nós, muitas vezes, esquecemo-nos de trocar o filtro do ar-condicionado ou acidentalmente compramos o tamanho errado. Esses procedimentos podem aumentar o valor da conta elétrica, bem como causar problemas no ar-condicionado. Portanto, use o filtro certo para o seu sistema e coloque um lembrete para trocá-lo no tempo recomendado.

4) Não regular a temperatura do aquecedor

Invista em um termostato que controle a temperatura de acordo com suas necessidades. Se você passa o dia no escritório, programe o aquecedor para ficar menos quente enquanto você estiver fora de casa e para que ele aqueça um pouco antes de sua chegada.

5) Não ajustar apropriadamente as saídas de ar

Uma parte de sua casa esquenta mais, enquanto outra é mais fria? Muitas vezes, os proprietários aumentam o ar frio da casa toda para combater uma área da casa mais quente. Em vez de fazer isso, ajuste a saída de ar para que ele seja distribuído igualmente por toda a casa. Existem profissionais que regulam todas as saídas de ar para que a casa receba a mesma quantidade de ar frio ou quente.

6) Molhar demais a grama

Muitos profissionais programam a irrigação da grama para o começo do dia. Isso pode ser um problema se você não estiver perto para verificar o que realmente está sendo irrigado. Uma cabeça de irrigação quebrada pode causar uma fonte d’água ou irrigar a cerca no lugar da grama. Periodicamente, deixe o sistema funcionar durante o dia para verificar a performance dele em sua ausência.

7) Deixar a temperatura do aquecedor d’água muito quente

A não ser que se tenha um aquecedor d’água sem o tanque de água (aquecedor de passagem), o aquecedor guardará a água em seu tanque quente por 24 horas, sete dias por semana. Se você não verificar a temperatura conforme a mudança da estação, poderá pagar um valor muito alto para aquecer a água. Reduza o aquecimento no verão e aumente-o quando o inverno chegar.

8) Ter janelas e portas com vazamentos

Arrume esses vazamentos para manter o ar frio fora da casa e o aquecimento dentro.

9) Pagar uma pessoa que faz tudo (handyman)

Faça você mesmo trabalhos simples para reduzir custos na manutenção de sua casa. Há vários vídeos tutoriais on-line que poderão auxiliá-lo.

10) Ignorar telhas que estão dobrando

Pode ser fácil ignorar problemas no telhado; mas isso só trará inconvenientes maiores mais tarde, portanto conserte agora para economizar.

Fonte: Cary Teller – postado em Housecall