Um brinde à nossa 101ª publicação

Um brinde à nossa 101ª publicação

voltar

AGO/2015 – pág. 03

editorial

A equipe do “Jornal Nossa Gente” comemora nesta edição a sua 101ª publicação – já distribuímos 1.209.600 cópias -, consolidando um vínculo primordial com a informação, relatando os fatos com lisura e imparcialidade, características que denotam a seriedade de nosso trabalho junto à Comunidade brasileira. Somos um órgão responsável por fiscalizar, sugerir e registrar acontecimentos com ferramentas de alcance e representatividade, o que seria “os olhos e ouvidos” da humanidade, a vontade e opinião do povo. Diante disso, não medimos esforços para concretizar o nosso propósito que, ao longo de quase dez anos, tem sido uníssono, pois a missão do jornalista – da mídia-, é relevante. O vértice para os devidos esclarecimentos.

Seguimos no compasso de expectativa dos emigrantes brasileiros quanto à possível mudança nas leis de imigração. A torcida é mútua para que causa tão nobre – a legalização dos 11 milhões de indocumentados -, se realize, mesmo com a evidente morosidade do Congresso americano, e de republicanos que contrariam os anseios populares e democráticos. Caso do candidato à presidência dos EUA, o republicano Donald Trump, que tem sido ácido nas suas colocações, sustentando que, se for eleito para ocupar a Casa Branca no pleito de 2016, deportará todos os imigrantes ilegais do país. É importante separar o joio do trigo, para que infelizes pronunciamentos como esse não contaminem a esperança de dias melhores. Ninguém pode extirpar o direito de reivindicar.

O momento para externar agrade-cimentos aos nossos colaboradores – cada qual em seu segmento -, que têm contribuído com artigos esclarecedores e de exímia utilidade pública. Os cumprimentos são extensivos aos empresários e respectivas empresas, que têm apostado nas nossas edições. Parcerias que dignificam e enobrecem o produto impresso. E, óbvio, quem ganha é o leitor, que compartilha conosco e se alimenta da notícia, objetivo de muitas reflexões. E neste contexto de reconhecimento, agradeço a oportunidade concedida pelo editor-chefe e diretor do “Nossa Gente”, Paulo De Souza, para integrar-me a esse time vencedor, que faz a diferença e que conquistou respeitabilidade.

O “Nossa Gente” exerce – e continua exercendo-, o papel fundamental de noticiar. Somos um veículo formador de opinião, sem superficialismo, pois temos compromisso com a verdade no dia a dia. Um brinde a todos nós!

WaltherAlvarenga

Walther Alvarenga