Trabalho humanitário apoia famílias que chegam a Orlando

Trabalho humanitário apoia famílias que chegam a Orlando

A Pastora Renata Loyola, do Brasileiras em Orlando, realiza importante trabalho de orientação e encaminhamento de familiares que buscam uma chance na Flórida

Edição de setembro/2017 – pág. 19

A Pastora Renata Loyola, que integra o Grupo Brasileiras em Orlando, não tem medidos esforços para auxiliar as famílias que chegam aos EUA e que precisam de suporte para se estabelecer no país. Um trabalho voluntário que requer atenção e carinho, principalmente no que se refere à mudança de status, necessitando de orientação e acompanhamento jurídico.

Com página no Facebook – Brasileiras em Orlando -, a pastora aborda um tema polêmico, que se transformou em questionamento entre os imigrantes, quanto às crianças – com passaporte brasileiro – de se matricularem em escolas públicas na Flórida. “Tem uma lei estadual que diz que toda  criança precisa estudar e que deve ser matriculada. Isso não especifica se a criança tem apenas o passaporte brasileiro. É lei e a criança não pode ficar de fora da escola”, enfatiza Renata.

“Posteriormente, após a matrícula, pode ser solicitado na Imigração o visto de estudante para a criança, ela tem esse direito. Dentro dos Estados Unidos pode se conseguir o visto de estudante na imigração. Você fala direto com a Imigração. Nós orientamos os pais de como isso pode ser feito legalmente”, orienta Renata.

“Indicamos advogados de confiança para que o processo seja feito. Por exemplo, temos o Dr. Marcelo Gondim, que é um advogado de confiança e que tem nos atendido nessa questão. Ele também trabalha com mudança de status de pessoas no país” avalia a pastora. “O nosso trabalho no Brasileiras em Orlando é gratuito”.

Quanto às dificuldades enfrentadas pelas famílias que chegam a Orlando para se estabelecerem na cidade, disse à pastora que, “elas precisam de todo apoio possível. A família se muda para Orlando, vai morar no hotel e depois precisa alugar uma casa ou apartamento”, denota.

“Nós indicamos os corretores para que a locação do imóvel seja feita com segurança. Agora, no caso da necessidade de um trabalho, orientamos para que procurem os locais adequados.

Geralmente os homens buscam trabalho na construção civil, então fazemos o contato. A pessoa precisa estar ciente das normas do país”, reforça.

Ajuda médica aos emigrantes

E se o imigrante precisa ir ao médico, mas não tem condições de pagar uma consulta, “fazemos contato com Shepherd’s Hope Health Center, em Orlando. É uma clínica com médicos voluntários que atendem a população carente. Marcamos a consulta e encaminhamos a pessoa para lá. E se for um caso mais grave, o paciente será encaminhado para um hospital. Os médicos são coligados a hospitais”, acrescenta a Pastora Renata.

Avisa Renata que todo procedimento de atendimento na Shepherd’s passa por uma avaliação por parte da direção da clínica, verificando se de fato a pessoa a ser atendida não dispõe de recursos financeiros.

Feira brasileira

Para ajudar os brasileiros a expor seus respectivos trabalhos a Pastora Renata promove mensalmente uma Feira na cidade de  Kissimmee – que será quinzenal – onde o visitante encontra produtos artesanais, biquínis, pamonha e salgadinhos, entre outras novidades. O evento conta com o apoio dos restaurantes, “Brasileiríssimo” e “Esfirras”.

A próxima Feira acontecerá dia 30 de setembro, em Kissimmee – das 11h às 16h -, no seguinte endereço: 4200 W Vine Street – Fair Play (fone 321- 202- 1233).

A Pastora Renata Loyola é da cidade de Curitiba, no Paraná, e está há 20 anos nos EUA. Casada, tem três filhos: Mellody, David e Phillipe. Além das sua página no Facebook, tem um Canal no Youtube: “Brasileiras em Orlando”, onde orienta e dá dicas importantes. Também realiza trabalho comunitário na Igreja da Graça – Graca Fellowship Church, em Orlando.

Serviço

Fone: (321) 202-1233