Tendências na decoração

Tendências na decoração

Edição de setembro/2018 – p. 40

Tendências na decoração

O outono e inverno 2018/2019 terá tendências comportamentais do temperamento humano. A era do minimalismo dará lugar para o maximalismo dos anos 1980, com cores e padronagens em combinações excêntricas. Na hora de criar um móvel ou acessório, tudo conta: o material, a cor, a função, a textura. É assim que nascem as tendências de decoração: um determinado comportamento leva a um outro como resposta.

Azul marinho, amarelo açafrão, vinho e verde petróleo, são as cores básicas de uma tendência que Casa Vogue já adiantou em seu anuário para 2019 e batizou de paleta modernista. A combinação de cores tem ar invernal e traz em si elementos que remetem à natureza, mas sem deixar de lado a sobriedade e sofisticação. Um equilíbrio que parece ter conquistado designers e decoradores.

Almofadas com alto-relevo

Na hora de criar uma peça, não é só o visual que conta. É preciso lembrar que o tato é um dos sentidos mais poderosos na nossa relação com o mundo. Por isso, surgem tecidos que, além de deixarem a casa mais bonita, surpreendem com delicadeza ao apostarem em texturas e relevos, como a técnica do matelassê.

Brilho Iridescente

Já faz um tempo que a magia do brilho iridescente vem aparecendo nos ambientes de tendência. Além de surgir em materiais que lançam mão de tecnologias atuais – metais oxidados para apresentar várias cores estavam por toda a parte – ele passa a se apropriar de técnicas tradicionais e ganha aura artesanal. Não importa se é no plástico, no vidro ou no metal, os designers estão sem medo de brilhar!

Jardim Particular

Não é mistério para ninguém que as plantas voltaram a ser as protagonistas de casa. O momento é de pazes com a natureza e trouxe o conceito de floresta urbana para as nossas vidas e levou o verde para a decoração de todo mundo, seja em grandes ou pequenos exemplares. Tem até para aqueles que não são capazes de ter plantas em casa: elas surgem como inspiração para formas e motivos; pode ser em painéis e até papel de parede.

Millennial Pink

Rosa, rosa, rosa… continua o queridinho dos decoradores e pretende ultrapassar os limites do ano como a cor favorita dos criativos. Apesar de muitos dizerem que o amarelo é o novo rosa , a cor mais solar do prisma está aparecendo muito. Além de ser atual e cool, ela funciona muito bem com a paleta da vez nos os tons terrosos.

Pratos Preciosos

As pequenas ações do dia a dia, se tornam importantíssimas, ao mesmo tempo que as pessoas buscam ter mais contato manual com diferentes elementos e criar objetos na esfera real, não apenas na virtual. É na união desses dois movimentos que surgem coleções de tableware trabalhadíssimas, artesanais, valorizando a beleza da imperfeição wabi-sabi, com materiais inesperados e formas ousadas.

Tapetes Statement

O momento não é dos tapetes lisos, discretos e que usam apenas uma cor ou material. A evolução da tecnologia têxtil aliada ao retorno da valorização das técnicas manuais faz com que apareçam tapetes que mais se assemelham a obras de arte que um acessório de decoração. As tramas extrapolam a dimensão 2D para criarem peças com volumes, alturas e texturas diferentes.

Tramas humanas

Sabemos que as tramas naturais e artesanais, como o uso de vime e rattan, são tendência absoluta na decoração. Revisitar técnicas tradicionais é estratégia que muitos expositores da Maison & Objet Paris adotaram. Seja com materiais rústicos ou com aspecto mais hi-tech.

Veludo de volta

O tecido que foi sinônimo de exagero por muito tempo voltou aos holofotes com seu toque macio e visual luxuoso. O veludo é tendência na decoração e virou o revestimento favorito de sofás e poltronas.