“Temakeria Makis Place” em downtown Winter Park

“Temakeria Makis Place” em downtown Winter Park

voltar

DEZ/15 – pág. 32

Agora você poderá degustar deliciosos temakis, a preços convidativos, em ambiente agradável. Experimente o melhor da cozinha japonesa

Temakeria01

Que tal degustar o melhor temaki da cidade com uma variedade de saborosos recheios? Os temakis são rapidamente preparados, com total eficiência no atendimento, sob os cuidados de uma equipe altamente capacitada e você poderá degustá-los com as mãos, sem precisar de chopsticks. Os preços são convidativos, portanto, vale experimentar o “Crispy Salmon” ou o apetitoso “3 Mixed Fish”. Tem também o “White Fish” e, na sobremesa, o “Sweet Temaki”, com chocolate e morango, imperdível. A “Temakeria Makis Place – Rolls & Rock”, em downtown Orlando, surgiu no Brasil, em 2008, quando foi inaugurada a primeira loja em São Paulo. O sucesso foi imediato e a franquia expandiu-se pelo país – atualmente com 140 franqueados -, chegando aos Estados Unidos, na Flórida, através do master franchise e, Diego Guidi. Entretanto, relata o empresário, há um minucioso trabalho pela frente na divulgação do temaki entre os americanos – principal alvo da empresa -, já que o produto ainda é desconhecido no país. “Temos encontrado barreiras positivas e negativas, porque o americano ainda não entende o temaki. Mas o que é o temaki? Acho melhor optar pelo hambúrguer, questionam alguns clientes quando entram na loja. Mas quando você explica ao cliente o que é o temaki, cria uma expectativa. E cem por cento dos americanos que experimentam, adoram. As opções são irresistíveis, por exemplo, o temaki de atum frito com molho de limão adocicado é delicioso. Isso rompe com o conceito de que a comida japonesa é uma comida crua”, enfatiza.

A sugestão de trazer o temaki para os Estados Unidos ocorreu durante reunião em 2013, lembra Diego, com o proprietário da marca. “Como eu era um dos franqueados no Brasil, me propuseram ser o master franchise e na região da Central Flórida. Eu tenho residência aqui e conheço bem a região. Vinha com frequência passar as férias em Orlando, mas a minha vontade era conquistar a região como business man”, comenta. “O nosso projeto aqui é audacioso, pois o objetivo é atingir trinta lojas nos próximos cinco anos, o que é perfeitamente aceitável, dentro da perspectiva do Brasil”, enfatiza. “Eu adquiri a região da Central Flórida, portanto, os cinco condados – Orange, Lake, Osceola, Seminole e Volusia -, estão na minha região”.

“O nosso projeto foi abrir a primeira loja ´Temakeria Makis Place´ para americanos. O projeto está desenhado para que a cultura do temaki se desenvolva nos Estados Unidos. E os dados que eu tinha da Flórida até o ano passado eram que Orlando é a segunda cidade mais visitada do planeta, que entre dez restaurantes que abrem hoje, quatro são orientais e que a comida japonesa está crescente no país por ser muito saudável. Mas o americano ainda não conhece bem o temaki porque não foi difundido aqui. Para o americano, o temaki é o hand-rolls .Alguns restaurantes famosos até fazem o temaki, mas não têm a nossa qualidade”, informa o empresário. “O sushi rolls é tradicional nos restaurantes de comida japonesa nos Estados Unidos”.

Temakeria02

E quanto à diferença entre o temaki e o sushi rolls, disse Diego Guidi que o temaki é um sushi em forma de cone, um big sushi, ou seja, o nori, seaweed (alga),enrolado no sabor peixe com arroz. “A diferença é que você degusta o temaki com as mãos e não precisa do chopsticks, esse o detalhe do temaki. Já o sushi rolls você tem a opção do uramaki, que é o arroz por fora ou por dentro”, comenta. “Nós somos uma Temakeria especializada em temaki. A nossa comida é rápida. É a praticidade com qualidade que atende aos anseios do americano. É importante ressaltar que há três fatores que pesam no conceito do cliente americano quando vai ao restaurante japonês: a demora, preço caro e comida crua. Os americanos pensam na comida japonesa como comida crua, mas temos opções fritas. Os nossos preços são baratos, que vai de quatro a oito dólares, atendimento rápido e opções fritas. Eu tenho um cliente americano que não gosta de peixe cru e que adorou as nossas opções e tem voltado para comer. O americano planeja muito, até mesmo para uma comida rápida. Ele precisa conhecer o produto antes de degustá-lo. Temos feito um trabalho árduo de divulgação do temaki aqui na região. Estamos em área privilegiada, onde estão os melhores restaurantes, portanto, para nós é um desafio para que o nosso produto cresça entre os americanos. Essa a nossa meta”, diz Diego.

Perfil do cliente saudável

O perfil do cliente que degusta a comida japonesa, nos Estados Unidos, e mesmo no Brasil, informa o empresário, “são jovens que buscam saúde através de uma alimentação saudável. Jovens que preferem uma experiência diferente e descartam o steak. O nosso ambiente é apropriado para isso, com música ambiente que atenda a esse público – entre 19 a 45 anos -, embora temos recebido clientes com mais idade e crianças”, fala. E quanto ao cardápio da “Temakeria Makis Place”, segundo Guidi, veio desenhado de Miami, pelo franqueador. “Tem um formato menor de escolhas, com vinte e dois temakis no cardápio, porque a cultura americana não permite que você tenha excesso de opções. O cliente americano gosta de coisas rápidas e diretas. A cozinha central está em Miami, para atender as lojas lá, mas tenho cozinha aqui no meu restaurante. Eu tenho um Chef que diariamente faz a receita padrão. Vou fornecer alimentos para as lojas que abrirem nessa região. Tenho um franqueado em Orlando, o Carlos Nunes, que abrirá a sua loja no inicio de 2016, em Lake Nona. O nosso projeto de expansão é que as primeiras lojas tenham visibilidade para atrair os americanos”, reforça.

Natural da cidade de São Paulo, onde mantêm lojas e negócios, Diego Guidi conta que a vinda aos Estados Unidos era um objetivo de família e que o convite para ser franqueado da “Temakeria Makis Place” deu-lhe a oportunidade de trabalhar e de se expandir na Central Flórida. “A meta é crescer e conquistar o público americano”, determina. E quanto às dicas e alerta aos novos empreendedores brasileiros que chegam ao país com intuito de montar negócios, Guidi foi enfático: “Pesquisar e pesquisar muito. É necessário pesquisar o mercado antes de investir em um negócio. É imprescindível planejar antes de executar. Isso não quer dizer que vá diminuir os riscos, pelo contrário. Nós planejamos muito antes de estar aqui, ainda assim enfrentamos barreiras. O americano é diferente do brasileiro, ele precisa ser surpreendido pelo seu produto. O cliente brasileiro gosta do novo e quer experimentar. O americano estuda antes de experimentar o novo. E o que acontece? O americano quando gosta, torna-se fiel e é frequente, enquanto que o brasileiro volta de quinze em quinze dias. O nosso objetivo é introduzir o temaki na cultura americana. É como diz o Bill Gates, tente uma, tente duas e tente três, até você conquistar”, finaliza.

Serviço

“Temakeria Makis Place”

528 South Park Avenue – Winter Park FL 32789

Fone: 407-493-5149


WaltherAlvarenga

Walther Alvarenga