Supérfluo e necessário

Supérfluo e necessário

voltar

AGO/2016 – pág. 35

maduAntes de reclamar, reflita um pouco!

Achamos que aquele problema por que estamos passando é muito difícil, quase insuportável e aí a gente pensa: “Mas por que eu?”

Pare um minuto! Respire fundo, olhe para os lados e você irá perceber que:

  1. reclamar da vida é besteira, pois tem gente querendo apenas viver;
  2. ficar chateado(a) porque não tem dinheiro pra comprar aquele sapato novo é besteira, pois tem gente que gostaria apenas de ter pés;
  3. ficar deprimido(a) porque aquela promoção não saiu é besteira, pois tem muita gente querendo apenas um emprego;
  4. reclamar porque não sobrou dinheiro pra comprar carne pro jantar é injusto, pois tem gente querendo apenas uma refeição…

Experimente sentir gratidão pelo que possui. A gratidão abre nossos olhos e nossa alma para a vida, ajuda-nos a perceber as coisas e situações boas ao nosso redor. Uns querem o supérfluo, outros agradeceriam se tivessem apenas o necessário!


Madu Caetano