Será que está na hora de vender a sua casa?

voltar

JAN/12 – pág. 42

Se você está pensando no assunto, mas não consegue se decidir, aqui algumas informações que poderão ajudar nesta importante decisão a ser tomada:

Por que você quer vender seu imóvel? Qual o principal motivo? Você vai comprar um imóvel maior ou resolveu partir para um menor?

A hora me parece muito conveniente, pois os preços ainda estão bem atraentes e os juros baixíssimos. Mesmo que o seu imóvel não lhe dê o retorno monetário de alguns anos atrás, lembre-se que isso também acontece com o novo imóvel desejado, que valia muito mais no passado.

Se, após ter feito contas, você resolver mantê-lo, talvez seja boa opção você alugar o imóvel que já possui e comprar um novo. Isso vai depender do valor que você conseguirá alugá-lo. Esse valor deve cobrir gastos como empréstimo mensal, taxa anual, condomínio mensal (no caso de apartamentos) etc.

Os preços dos aluguéis estão em alta e a procura também.

Mas se você estiver na situação em que seu imóvel não vale mais o valor pago de quando você o comprou, e você resolve vendê-lo, esta é a hora certa. Esses imóveis são os famosos “short sales”. Se você tem que fazer “short sale”, ou se decidiu esperar que o banco retome o imóvel, tudo deverá ser feito em 2012, pois, a partir de 1 de janeiro de 2013, a isenção do pagamento do imposto de renda sobre o valor da diferença em que o imóvel for vendido e a quantia  devida no seu empréstimo não serão perdoadas no seu imposto.

Até 31 de dezembro de 2012, na efetuação de “short sale” ou “foreclosure” (retomada do imóvel pelo banco), com um documento assinado pelo banco perdoando a dívida, você não terá que pagar imposto sobre tal valor. Mas lembre-se que é muito importante ter essa liberação do restante da dívida (release) por escrito; desta forma, o banco não poderá cobrar esta quantia no futuro e, somente até o fim deste ano, você estará isento desse valor monetário para com o imposto de renda.

É importante verificar com o seu contador como esta regra se aplicará no seu caso.

Se você estiver nesta situação, não fique esperando até mais perto do fim do ano, pois a “short sale” não tem prazo determinado para ser aprovada pelo banco, podendo demorar entre 1 mês e alguns anos. Ultimamente, os prazos têm sido menores – entre 2 e 3 meses, mas nada é garantido. Além disso, depois de tanto tempo de espera, algo pode acontecer com o comprador. Se isso ocorrer, todo o processo deverá ser efetuado novamente. Não perca tempo em decidir o que trará benefícios para você e sua família.

Vera Mendonça – Realtor
(407)367-8711
vera@nossagente.net