Saia lápis

Saia lápis

Com visual sexy e ao mesmo tempo com tom de seriedade a saia lápis surgiu em meados dos anos 1950 e não demorou muito tempo para ela se tornar peça clássica no guarda-roupa feminino.

É uma peça elegante e charmosa, e se foi o tempo em que a saia lápis era apenas sinônimo de roupa de trabalho, hoje pode ser usadas em diferentes ocasiões e ambientes, tornando-se uma das saias mais versáteis e modernas do armário feminino.

Como-Usar-Saia-Lapis-14

A saia lápis não tem uma modelagem das mais fáceis, pois sua altura vai até os joelhos, com modelos variando ligeiramente acima ou abaixo, e por ser extremamente justa (acompanha o formato dos quadris) é importante observar como essa peça fica em cada tipo de corpo.

Como-Usar-Saia-Lapis-28

Para as mais altas: escolha modelos com comprimento abaixo do joelho e utilize blusas por dentro da saia, pois diminuem o tronco.

Para as baixinhas: escolha um modelo na altura exata dos joelhos, pois ajuda a mostrar um pouco mais as pernas e também dê preferência a um sapato nude, que alonga as pernas. Blusas por fora da saia também alongam o tronco.

Para as com quadril estreito: escolha saias com cores mais claras e estampas maiores, pois ajudam a criar volume, ao contrário das cores escuras.

Para quem tem quadril largo: escolha modelos retos, não tão afunilados, pois não acentuam tanto o quadril e prefira cores mais escuras, pois diminuem o volume.

saialapisplussize

Para um look versátil, a saia lápis fica ótima com camisas coloridas e estampadas. Outra peça que toda mulher tem no guarda-roupa e que fica muito bem com a saia lápis são as regatinhas de alcinhas e camisetas simples. E para os dias mais fresquinhos, invista em suéteres, jaquetas e cardigãs, que não sejam muito compridos, deixando a saia lápis em evidência. Já no inverno, combine a saia lápis com blazer e casacos mais pesados, não se esquecendo da meia calça para compor uma produção elegante e quentinha.

E para finalizar, cuidado redobrado com a roupa íntima, pois as saias lápis marcam o corpo. De preferência para as calcinhas sem costura e que sejam confeccionadas com material liso, sem nenhum detalhe, aplicação e renda.