Popularidade de Medina surpreende mundo do surfe

Popularidade de Medina surpreende mundo do surfe

O campeão Mundial de Surfe é um fenômeno de popularidade, próximo de 1 milhão de seguidores nas redes sociais, capaz de mobilizar torcedores para os pontos mais remotos do planeta, principalmente por não deixar tanto o sucesso subir a cabeça

medinaEle é a bola da vez no Brasil e no mundo do surfe. Gabriel Medina, campeão mundial de Surfe, marcou a sua história no esporte, nas ondas mais tradicionais do mundo, em Pipeline, no Havaí. Para a família do atleta, um passo de extrema importância, que muda a trajetória de sua vida. “O Gabriel, com quatro anos, já não queria ajuda e já ficava em pé. A gente ficava impressionado”, conta Simone Medina, mãe de Gabriel. Em Maresias, no litoral norte de São Paulo, é onde o filho mais velho de Simone nasceu. A prancha sempre foi o brinquedo favorito de Gabriel Medina, mas o menino começou a encarar aquele objeto de um jeito diferente aos nove anos, quando a família ganhou um reforço.

“O Gabriel começou a me chamar de pai, né, então, na hora que ele falou ‘Pai’, eu disse ‘Nossa, que legal, ganhei um filho’”, lembra Charles Rodrigues, pai e treinador de Gabriel Medina. Na verdade, padrasto não é um título à altura da relação entre Charles Rodrigues e Gabriel Medina. Esse ex-tri-atleta uniu o gosto pelo surfe ao amor pela nova família, virou pai do dia para a noite e insistiu em treinar aquele menino como gente grande. “Foi eu e ele, em uma cidade pequena, uma praia pequena, onde a gente foi colhendo informações e tentando estudar o surfe, tentando ver o que seria melhor para o Gabriel, que era muito talentoso. Então, quer dizer, não teve influência muito de outras pessoas, a gente não deu muito ouvido para os outros e acabou dando certo”, lembra Charles Rodrigues.

Nos últimos dez anos, os dois viajaram o mundo juntos. Gabriel foi campeão mundial juvenil. “Junior”, conseguiu uma vaga na divisão de elite do surfe aos 17 anos de idade, em 2011, quando ele conquistou a primeira de cinco etapas de vitória no circuito, mais do que qualquer outro brasileiro já fez. Só neste ano Gabriel conquistou três campeonatos. Um deles na perigosa onda de Teahupoo, no Taiti, contra Kelly Slater, dono de 11 títulos mundiais. “Ele tem esse negócio, esse instinto competitivo que é natural dele já, e essa calma também, que ele empregava. Juntando isso que ele, na bateria, consegue raciocinar e fazer o melhor dele. E ele não tem medo”, descreve o padrasto.

Popularidade em alta

Medina é um fenômeno de popularidade, próximo de 1 milhão de seguidores nas redes sociais, capaz de mobilizar torcedores para os pontos mais remotos do planeta, principalmente por não deixar tanto o sucesso subir a cabeça. “Eu acho que isso é conseqüência do que ele se tornou no meio disso tudo, porque ele continua um cara simples, humilde e gente boa”, afirma a mãe de Medina, que tem uma vida inteira pela frente para inspirar outros talentos.

Ele ganhou três das sete etapas do campeonato mundial disputadas até aqui, e manteve a liderança do ranking praticamente o tempo todo. De certa forma, não há por que estranhar essas denominações. “Falam em sensação do momento porque, agora, o Gabriel atingiu uma consistência que uniu a tática e o amadurecimento dele como competidor, e ele conseguiu chegar num equilíbrio de treino que é o mais eficiente que eu já vi entre os brasileiros”, explica o surfista e amigo, Edinho Leite.

medina2Medina já estava acostumado à fama e ao assédio – sobretudo das mulheres – há um bom tempo, mas a conquista inédita do título mundial de surfe em dezembro de 2014 elevou o jovem de 21 anos à condição de celebridade em tempo integral. Desde que retornou do Havaí com a taça na bagagem, Medina tirou férias, mas o que menos fez foi descansar. O garoto de Maresias festejou a virada de ano rodeado de familiares, amigos famosos e belas modelos e vem se esforçando para conciliar os momentos de lazer com os compromissos publicitários – já tem mais de dez patrocinadores.

Tímido e tentando manter discrição em sua vida privada. Ele registrou em seu perfil no Instagram os encontros com novas amigas, as top models Alessandra Ambrósio e Sofia Reising, o que causou alvoroço entre suas descoloridas tietes. Só a foto com Sofia, na qual os dois aparecem de rosto colado, recebeu mais de 2.000 comentários, em sua maioria críticas desesperadas de fãs ciumentas. Uma foto de Medina agarrado a uma loura em uma banheira causou ainda mais alarde no Twitter – um familiar negou que fosse o campeão na foto. De volta ao litoral paulista, Medina tentou acalmar as seguidoras postando fotos de seu ambiente familiar.

De fato, Medina é uma sensação. Mas para que se entenda o real sentido disso é preciso, primeiro, entender que ele ocupa essa condição há muito mais tempo do que se tem difundido e que ele é um brilhante personagem da história do surf brasileiro.