Os cuidados dos pais na matrícula dos filhos

Os cuidados dos pais na matrícula dos filhos

Famílias devem pesquisar qual o tipo de visto adequado para matricular os filhos na escola, evitando erro que traz problemas futuros

Edição de maio/2017 – pág. 08

Estudar em uma High School pública (ensino médio) nos EUA é o sonho de muitos jovens brasileiros. Mas o que muitos pais desconhecem é que o processo pode não ser tão caro como as agências de turismo mostram. Algumas, inclusive, exigem preços astronômicos e dificultam o planejamento familiar. A culpa, segundo estudos, seria os excessos de taxas.

No estado da Flórida as 509 High Schools públicas e privadas, segundo informa o “Department of Homeland Security”, estão preparadas para receber estudantes estrangeiros, portanto, as famílias devem pesquisar qual o tipo de visto adequado, evitando possíveis erros que podem causar problemas futuros. Com informações seguras, os pais podem enviar seus filhos para uma High School pública e economizar cerca de 40% do valor do investimento na educação dos filhos.

O valor médio de um semestre letivo nos EUA (seis meses) está entre $12 mil a 14 mil dólares se comprado em agências no Brasil. No condado de Miami Dade, por exemplo, o valor é de $7.600 pelo ano escolar. Vale lembrar que preço varia por condado e estado americano, assim como a documentação exigida para matrícula. Valores não incluem acomodação, visto e alimentação. Na Flórida as inscrições para alunos estrangeiros no ano letivo 2017-2018 já estão abertas. O ano escolar nas escolas públicas têm início em de agosto, com o dia variando conforme o condado em que a criança mora.

Visto adequado para estudantes

Maria Elena Paradela, do “International Student Placement Advisor, Miami-Dade County Public Schools”, orienta os pais brasileiros quanto ao Visto adequado para os filhos estudarem no país. ‘’O visto para matricular a criança em uma escola pública, no caso de intercâmbio, é o F-1 ou M-1”, assegura. E no caso de os pais apresentarem em uma escola pública ou escola primária apenas o seu passaporte – visto B1 / B2 -, e do seu filho com apenas um visto B1 / B2 não é o suficiente, explica Elena. “Há uma Lei Federal nesse país que declara que não se deve solicitar a condição imigratória durante matricula escolar (pré-escola até ensino médio em escolas públicas). Como não somos obrigados a conferir o status imigratório, isto não indica que eles podem se registrar com um status B1/B2”, alerta. Mesmo assim, a comunidade imigrante está cheia de casos de estudantes que entram no país com visto de turista junto com seus pais e imediatamente são matriculados em escolas públicas. O problema acontece no conflito entre a lei imigratória americana (Federal) e outra lei, Estadual que assegura que toda criança em idade escolar deve frequentar a escola independente de condições imigratórias.

“Cabe aos pais saber o que pode e o que não pode fazer com o tipo de visto que foi emitido para entrar nos EUA. Se o passaporte é mostrado para a escola, ele é usado para verificar o nome, nada mais. As informações fornecidas no link do USCIS indicam que ninguém com um Visto de Turista B1 / B2 pode se registrar para estudar”, avisa. “O website do USCIS ainda informa que quem violar esta regra não será elegível para a extensão do visto de turista (B1/B2) ou mudar para status de estudante (F-1 ou M-1)”.

O assessor jurídico do “Consulado Geral do Brasil” em Miami, Dr. Joel Stewart também solicita cautela dos pais brasileiros. “Matricular os filhos em escola pública com visto de turista é contra lei federal. Brasileiros estão sempre procurando uma maneira de ficar legal e o F-1 está sendo usado como chave importante neste processo’’, disse o advogado durante apresentação na “1ª. Feira da Educação”, realizada no dia 29 de abril na Primeira Igreja Batista da Flórida”.

Estas regras valem para todos os níveis de ensino nos EUA.

Serviço

Website do governo americano:

(https://www.uscis.gov/working-united-states/students-and-exchange-visitors/students-and-employment/special-instructions-b-1b-2-visitors-who-want-enroll-school)