Ombro a ombro

Ombro a ombro

Edição de maio/2017 – pág. 44

Inspiração dos anos 70, essa tendência volta com tudo nessa primavera/verão. Conhecido também como decote “ciganinha”, possui uma pegada gipsy, mas que se utilizado com as peças certas, pode se pode fazer parte de um look até mais formal.

É um decote extremamente democrático, mas tem algumas regrinhas básicas na hora de usá-lo, pois dependendo do modelo, pode não ser muito adequado para quem tem seios grandes. Além disso, é um modelo sensual, sem mostrar muito, nada vulgar, deixando só os ombros à mostra, utilizado em blusas, batas, croppeds e vestidos.

As peças ombro a ombro são feitas em diversos tipos de tecidos, o que proporciona a peça vários tipos de caimentos. Podem sem lisos, estampados, com mangas, babados, laços, amarrações, etc. E alguns modelos possuem alças fininhas para dar mais sustentação.

Dicas de uso para quem tem busto grande

Quem tem busto grande, não precisa ter medo de usar o decote ombro a ombro, é só uma questão de escolher bem o modelo. Se esse for o seu caso, para não ficar fora da tendência, procure modelos sem babados e outros elementos que chamem atenção para área do busto. E também prefira cores lisas e escuras para conseguir um efeito que diminua o volume do busto.

Dicas de uso para quem tem busto pequeno

Já para quem tem busto pequeno, ao contrário da dica anterior, pode se jogar em todos os modelos, e abusar de babados, aplicações, laços e outros elementos, criando um volume extra na área do busto.