NAMM Show 2017

NAMM Show 2017

voltar

MAR/2017 – pág. 50 e 51

O percussionista Vinas Peixoto e o guitarrista Duca Belintani no estande da Santo Angelo - Foto Mark Alisson
O percussionista Vinas Peixoto e o guitarrista Duca Belintani no estande da Santo Angelo – Foto Mark Alisson

Realizada anualmente no mês de janeiro, no Anaheim Convention Center – em Anaheim, cidade a 26 milhas de Los Angeles -, a NAMM Show apresenta a cada edição os lançamentos de produtos que estarão nas vitrines de lojas de instrumentos musicais, equipamentos para DJs e áudio profissional de todo o mundo.

Grandioso, estima-se que esse mercado movimente anualmente mais de 17 bilhões de dólares. Na edição 2017, o evento que é exclusivo para profissionais do setor musical, contou com a participação de 1779 expositores, e um público de visitantes estimado em 106.928 pessoas, superando em cinco por cento os números do ano anterior.

No estande Tagima, os músicos Sandro Haick e Marcinho Eiras - Foto Celso Wolfe
No estande Tagima, os músicos Sandro Haick e Marcinho Eiras – Foto Celso Wolfe

O Brasil na NAMM Show

Embora em menor número se comparado as edições anteriores, a NAMM Show 2017 contou também com a participação de expositores brasileiros, dentre eles Urbann Boards, Odery, Tagima, Stay, Rozini, Santo Angelo e Giannini, que são veteranos tarimbados quando o assunto é NAMM Show. São empresas que continuam investindo no mercado externo, de maneira inovadora, com alto padrão de qualidade e preços competitivos. Afinal de contas, os instrumentos musicais brasileiros apresentados na NAMM Show estão em pé de igualdade com seus concorrentes. ‘A NAMM Show é a feira mais importante do setor e, portanto, onde obrigatoriamente temos que estar, pois é lá que as portas se abrem para o mundo e a sua marca ganha em valor e visibilidade’, conclui Maurício Cunha, CEO da Odery.

Baterias Odery, com alto padrão de qualidade
Baterias Odery, com alto padrão de qualidade

Músicos e Empresas

Se os produtos brasileiros são vistos com bons olhos no exterior, os músicos brasileiros que participaram da NAMM Show também conquistaram a atenção do público. Para a edição 2017 a Tagima levou dois grandes artistas instrumentistas patrocinados pela empresa: o guitarrista Marcinho Eiras e o multi-instrumentista Sandro Haick. Ambos realizaram apresentações com a utilização e demonstração dos produtos fabricados pela Tagima. ‘Foi uma grande alegria representar o Brasil tocando no estande da Tagima na NAMM Show 2017, e aproveito a oportunidade para agradecer ao Ney Nakamura, pois é realmente o evento mais importante do mercado da música em se tratando de empresas e equipamentos musicais. Espero continuar participando com a Tagima nos próximos anos, e viva a música brasileira!’, resume Sandro Haick sobre a experiência em se apresentar na NAMM Show. Já o guitarrista de Blues, Duca Belintani se apresentou no estande da Santo Angelo. ‘Estar na NAMM Show é como jogar em uma decisão da Copa do Mundo, lado a lado com os melhores em um mesmo local’, conclui Duca.

Anaheim Convention Center recebendo a NAMM Show 2017 - Foto Consulado Brasileiro em Los Angeles
Anaheim Convention Center recebendo a NAMM Show 2017 – Foto Consulado Brasileiro em Los Angeles

NAMM e NAMM Show

A Associação Nacional de Música Merchants (NAMM) é uma associação sem fins lucrativos, com a missão de fortalecer a indústria de produtos do segmento musical. A NAMM é composta por 9.200 empresas associadas, localizadas em 102 países. Eventos realizados pela NAMM e membros da associação financiam os esforços da Fundação NAMM, para promover recursos e benefícios em prol da música, e que incentivem a participação ativa da música na vida das pessoas. Para mais informações sobre NAMM, visite www.namm.org

Números da NAMM Show 2017:

  • Volume de negócios: 17 bilhões de dólares/ano
  • Expositores: 1779
  • Público participante: 106.928, provenientes de 125 países
  • Período: 4 dias de evento

Consulado do Brasil em Los Angeles e Associação Nacional da Indústria da Música (ANAFIMA) promovem jantar de networking na NAMM Show
O Consulado Brasileiro em Los Angeles e a ANAFIMA (Associação Nacional da Indústria da Música) realizaram jantar de networking na noite do dia 20 de janeiro, terceiro dia da NAMM Show 2017. A ANAFIMA, com o Consulado e Apex Brasil, vem ao longo dos anos desenvolvendo um trabalho de apoio para as empresas exportadoras na indústria nacional. ‘A participação do Consulado Brasileiro em Los Angeles tem sido essencial para o apoio das empresas brasileiras em sua internacionalização’, explica Daniel Neves, presidente da ANAFIMA. Empresas compradoras internacionais convidadas pelos associados da ANAFIMA puderam desfrutar da atmosfera brasileira e conversar com as empresas participantes. Entre os presentes estavam Bob Taylor, presidente da fábrica de violões Taylor e comprador de madeira certificada brasileira, como também a diretoria da Import Music, empresa argentina que conduz vendas internacionais para a América Latina. ‘É muito importante saber que temos alguém onde recorrer e, na hora de fazer negócios, podemos contar com um parceiro’, conclui Pablo Gold, diretor da SG Guitars, referente a importância do apoio da ANAFIMA.

A Missão da ANAFIMA

A ANAFIMA nasceu em 15 de agosto de 2001, pela necessidade que um pequeno grupo de empresas sentiu de discutir, analisar e encontrar soluções para problemas e situações comuns ao setor de fabricação de instrumentos musicais brasileiros. Desde então, este tem sido o seu único foco: a indústria brasileira de instrumentos musicais.

Os principais objetivos da ANAFIMA são capacitar e estimular o desenvolvimento da indústria de instrumentos musicais, áudio e som automotivo nos atributos competitivos que são críticos à ação de exportar e nas diversas atividades empresariais, sociais e culturais; constituir um instrumento de articulação, mobilização e de coordenação da indústria, com vistas a sua capacitação competitiva e, por consequência, a construção de uma cultura empresarial exportadora; colaborar para o crescimento do mercado desenvolvendo programas junto às escolas particulares e oficiais apoiando professores, músicos, bandas, igrejas e afins; divulgação do setor, que inclui as ações relacionadas com a criação dos instrumentos de divulgação da indústria de instrumentos musicais, áudio profissional e som automotivo, através da vinda de jornalistas estrangeiros para conhecer a indústria brasileira e da participação nas feiras internacionais e rodadas de negócios, realizados com o apoio da APEX – Agência de Promoção de Exportações e Investimentos.

*Agradecimento a revista Música & Mercado referente a cobertura do jantar promovido pelo Consulado Brasileiro em Los Angeles e ANAFIMA.


Salla-Foto-New-Bossa-PearlSallaberry
Músico, produtor musical e bacharel em Publicidade e Propaganda, membro do Latin Grammy. Autor do Manual Prático de Produção Musical.