Maysa Arruda é premiada na “International Cake Expo”

Maysa Arruda é premiada na “International Cake Expo”

Conquistando a terceira colocação na “International Cake Expo”, em Orlando, a cake designer Maysa Arruda desbanca confeiteiros consagrados com o bolo “Sob o Sol da Flórida”

Edição de novembro – pág. 12

Maysa Arruda é premiada na “International Cake Expo”

A cake designer Maysa Abussafi Arruda conquistou à terceira colocação do disputado “International Cake Expo”, em Orlando, que reuniu entre os dias 13 a 15 de outubro os maiores confeiteiros do mundo. Concorrendo com o bolo “Sob o Sol da Flórida” – categoria iniciantes -, a brasileira deixou a sua marca com apresentação impecável – uma caixa de laranjas, com textura original, um casal hilário sob o sol da Flórida.

“Pensei em algo diferente. Concorria com nomes importantes e mundialmente conhecidos no ramo da confeitaria. Queria um bolo original, sem glamorização, então optei por laranjas e praia, que representam o Estado da Flórida”, lembra Maysa.

O bolo “Sob o Sol da Flórida”, exposto ao lado de verdadeiras obras de arte em doçaria, roubou a cena. As pessoas que passavam pela sofisticada mostra de bolos criativos, voltavam para observar melhor os detalhes do trabalho de Maysa Arruda. A caixa de laranjas tornou-se o centro das atenções. “Foi então que percebi que o meu bolo chamava a atenção dos jurados e das pessoas que transitavam pela feira. A ideia de laranjas e praia deu certo”, comemora a cake designer.

O prêmio de terceira colocação foi outorgado à Maysa Arruda, que desbancou nomes consagrados, deixando evidente que a criatividade e o sabor do bolo foram o ponto alto. Emoção, agradecimentos da brasileira, e o reconhecimento pelo apoio recebido do esposo e dos filhos para entrar na competição. “Os meus filhos, o meu marido me incentivaram a me inscrever no evento. Sabia que teria gente de peso pela frente, mas aceitei o desafio”, enfoca.

Mas o que motivou a jovem formada em Educação Física, natural de Campo Grande (MS), deixar a carreira esportista para ser boleira? “Vinha passear com a minha família em Orlando. Queria morar aqui, mas o meu marido trabalhava na ‘White Martins’ no Brasil e não queria abrir mão do seu trabalho. Mas Deus ouviu as minhas orações porque a empresa ia fechar e, em 2001, nos mudamos para Orlando”, lembra Maysa Arruda.

“Eu precisava trabalhar, dar aulas de Educação Física nos Estados Unidos, mas isso requer um bom inglês para trabalhar com crianças no país. Falar o idioma incorreto seria imperdoável. Os meus filhos – Fernando e Rodrigo – eram adolescentes e eu precisar fazer algo”, conta Maysa.

“Comecei a prestar atenção nos bolos feitos nos Estados Unidos, muito diferente do bolo no Brasil”, relata Maysa. “Os bolos aqui são bem decorados e têm um sabor diferenciado, no Brasil o bolo é pão de ló. Nos Estados Unidos até o ovo é em pó. Usam muita química, no Brasil são produtos mais frescos”, explica.

“Eu aproveitei o que aprendi de nutrição em Educação Física e apliquei nos meus bolos. Eu gosto de tudo natural, nada químico. Então passei a fazer bolo e presenteava os meus amigos. E quando tinha reuniões na igreja ou aniversários, me prontificava a levar o bolo”, comenta.

“Foi quando começaram a me encomendar bolo porque gostavam dos meus bolos. Mas como sou curiosa, e gosto de aprender sobre as coisas que faço, fiz curso de decoração de bolo nos Estados Unidos. Fui descobrindo a minha maneira de trabalhar, aprimorando os meus conhecimentos. E os pedidos não paravam de chegar. Fui descobrindo o meu dom de confeitaria e não parei mais”, fala com emoção.

“Gosto tanto do que faço que não voltaria a trabalhar com Educação Física”, revela Maysa. “É uma profissão importante, inclusive, no Brasil, trabalhei com crianças que tinham problemas com a coordenação motora. Ajudava essas crianças porque gosto de ensinar”, justifica. “Mas hoje estou focada na confeitaria. Uma profissão que eu adoro”, confessa.

Indagada sobre a feitura de bolos artísticos, com texturas que chamam a atenção, pela originalidade e beleza, enfatiza a cake designer que, “é o que as pessoas gostam. Fiz um bolo para um menino, que era a metade de uma bola de futebol. Ficou muito lindo. Na posse da prefeita do condado de Orange County, Teresa Jacobs, o bolo que eu fiz era uma placa imitando madeira, a mesma placa que ela usou durante a sua campanha”, informa.

Encomendas de bolos inusitados

Os pedidos, segundo Maysa Arruda, são variáveis e inusitados. “Uma menina encomendou um bolo que tivesse ligação com vinho. A mãe dela adora vinho e o bolo precisava ter uma ligação com a bebida. Pensei na possibilidade e fiz um bolo que era uma caixa de madeira, de vinho”.

“Fiz também um bolo com a maquete do ‘Gilson’s Restaurant’. Ficou lindo”, fala com entusiasmo. “Os clientes gostam de bolos artísticos, decorados, de acordo com o tema que liga ao aniversariante”, enfoca.

Indagada sobre a diferença entre cake designer e boleira, Maysa Arruda foi enfática. Disse que, “o cake designer é o profissional que decora o bolo, faz aquelas decorações incríveis e que trabalha o externo. Já a boleira faz o recheio do bolo, voltada mais para a massa e recheio, compreende? E foi por isso, para me aprimorar que fiz o curso de decoração”.

“Por exemplo, durante a ‘International Cake Expo’, além de concorrer também fiz os cursos que a feira disponibilizou para os profissionais confeiteiros. Aproveitei ao máximo porque é uma oportunidade única, com profissionais renomados, de várias partes do mundo”, relata.

“O profissional precisa agregar conhecimentos, buscar novas técnicas para enriquecer o seu trabalho. E é o que eu tenho feito. Faço cursos, pesquiso, melhor o que for possível no meu trabalho. São aprimoramentos necessários para um cake designer”, complementa.

Quanto ao tempo utilizado na preparação de um bolo, com estilo e decoração, conta Maysa que “o mínimo é de quatro dias para ficar pronto. Faço uma análise do que precisa o bolo e vou criando”.

Clientes famosos

Há 16 anos fazendo bolos, a cake designer conquistou carinho e respeitabilidade de clientes em todos os segmentos. Inclusive, nomes famosos, como o do apresentador do “Domingão do Faustão, na Globo, Fausto Silva, um apaixonado pelos bolos de Maysa Arruda. Faustão falou ao vivo em seu programa sobre o talento da brasileira.

Entre outros famosos clientes de Maysa Arruda estão: a cantora Sheyla Carvalho, a humorista Heloísa Pérrissé, a cantora Anitta, os jogadores Kaká e Júlio Batista e a apresentadora Fernanda Pontes, que comanda o “Planeta Brazil, na Globo Internacional.