Imigrantes ilegais nos EUA são soltos por falta de espaço em detenções

Imigrantes ilegais nos EUA são soltos por falta de espaço em detenções

Em cidades do Texas, 400 imigrantes foram liberados no fim de semana. Estimativa é de que 60 mil crianças entraram ilegalmente no país este ano.

61824_Papel-de-Parede-Bandeira-dos-Estados-Unidos-da-America--61824_1024x768Os centros de detenção de imigrantes ilegais dos Estados Unidos não estão dando conta do número de pessoas presas. Em cidades do Texas, estado que faz fronteira com o México, 400 imigrantes foram liberados no fim de semana, por falta de espaço na detenção.

Mesmo com a soltura, as autoridades continuarão de olho neles, que terão que se apresentar em 15 dias para que a situação seja revista.

O número de pessoas que chega aos Estados Unidos só aumenta. A estimativa é de que 60 mil crianças entraram ilegalmente no país este ano, número dez vezes maior do que em 2011. Muitos tentam reencontrar os pais que já estão vivendo no país.

A recuperação da economia americana atrai os jovens, que tentam fugir da pobreza e da violência em países como México, Honduras, El Salvador e Guatemala.

Imigração ilegal na Europa

Não é só os Estados Unidos que sofrem com a entrada ilegal de pessoas em seu território. O litoral da Itália, por exemplo, é a principal porta de entrada para o continente europeu.

Muitos africanos arriscam a vida, atravessando de um continente para outro, em barcos sem segurança nenhuma. Só em 2014, a guarda costeira interceptou mais de 60 mil pessoas que tentavam entrar na Europa.

Fonte: g1.globo.com