Furacão ‘Arthur’ toca o solo na Carolina do Norte, nos EUA

Furacão ‘Arthur’ toca o solo na Carolina do Norte, nos EUA

Há risco de inundações em áreas próximas ao litoral. Furacão pode gerar tornados nas áreas litorâneas.

O olho do furacão Arthur é visto sobre o Atlântico em imagem da Estação Espacial Internacional, em 3 de julho. (Foto: Reuters)
O olho do furacão Arthur é visto sobre o Atlântico em imagem da Estação Espacial Internacional, em 3 de julho. (Foto: Reuters)

O furacão “Arthur” tocou o solo na noite desta quinta-feira (3) no litoral da Carolina do Norte, estado do leste dos Estados Unidos, com ventos máximos sustentados de até 155 km/h, informou o Centro Nacional de Furacões (NHC, sigla em inglês). “Arthur tocou o solo por volta das 0h15 (horário de Brasília) acima de Shackleford Banks, entre o Cabo Lookout e Beaufort”, segundo o NHC.

O furacão de categoria 2 avança para o nordeste a uma velocidade de 30 km/h.

As autoridades emitiram um alerta de furacão que abrange desde Surf City, na Carolina do Norte, até a fronteira com o estado da Virgínia, assim como para as regiões de Pamlico Sound e a parte leste de Albemarle Sound.

O NHC advertiu em seu boletim que a combinação entre a ressaca gerada pelo ciclone e a elevação da maré deverá causar inundações em áreas próximas do litoral.

A ressaca será acompanhada por ondulações grandes e destrutivas e também podem ocorrer tornados isolados em algumas áreas litorâneas por onde deve passar o furacão.

Arthur se transformou no primeiro furacão da temporada na bacia do Atlântico, que começou no dia 1º de junho e terminará em 30 de novembro.

A Administração Oceânica e Atmosférica Nacional dos EUA (NOAA) prevê uma temporada de furacões menos ativa que o normal, com a formação de entre 8 e 13 tempestades tropicais, das quais 3 ou 6 podem se tornar furacões, com apenas um ou dois deles de grande categoria.

Fonte: g1.globo.com (EFE)