Fluminense leva 3 do Leverkusen em estreia na Florida Cup

Fluminense leva 3 do Leverkusen em estreia na Florida Cup

Conca jogou, mas não ajudou o Flu a vencer o Bayer Leverkusen Foto: Bruno Haddad/Fluminense / Divulgação
Conca jogou, mas não ajudou o Flu a vencer o Bayer Leverkusen
Foto: Bruno Haddad/Fluminense / Divulgação

O Fluminense começou a temporada 2015 com uma derrota por 3 a 0 para o Bayer Leverkusen, nesta quinta-feira, pela estreia da amistosa Florida Cup, nos Estados Unidos. Depois de um primeiro tempo de relativo equilíbrio com os titulares em campo, o segundo teve os reservas em campo e os alemães foram muito superiores. Kiessling, aos 44min do primeiro tempo, e Rolfes e Drmic, aos 32min e 33min minutos da etapa complementar, marcaram os gols da partida desta quinta-feira.

O segundo compromisso do Fluminense no torneio será neste sábado diante do Colônia, também da Alemanha, na cidade de Jacksonville.

O primeiro tempo de Fluminense e Bayer Leverkusen foi disputado em ritmo quase de treino. Por estar em meio de temporada, o Bayer se mostrou melhor fisicamente e mais entrosado do que o time tricolor. Porém, apesar de fazer boa temporada e ocupar a terceira colocação no campeonato de seu país, o Bayer não mostrou grande qualidade técnica.

Ao contrário do que se esperava, o atacante Fred não entrou em campo. A versão oficial para que o principal jogador do Fluminense assistisse ao duelo das arquibancadas é que Fred e a comissão técnica decidiram priorizar a preparação física neste momento.

Ficha Técnica

Local: Estádio EverBank Field, em Orlando (EUA)
Data: 15 de janeiro de 2015, quinta-feira
Horário: 20h (de Brasília)
Árbitro: Mark Cahen (EUA)
Cartões amarelos: Spahic, Boenisch e Henrichs (Bayer); Marlone (Fluminense)
Gols: Kiessling, aos 44 minutos do primeiro tempo; Rolfes, aos 32, e Drmic, aos 33 minutos do segundo tempo

FLUMINENSE: Diego Cavalieri (Klever); Renato (Igor Julião), Guilherme Matthis (Victor Oliveira), Henrique (João Filipe) e Guilherme Santos (Giovanni); Edson (Luiz Fernando), Jean (Rafinha), Wagner (Marlone) e Darío Conca (Bryan Oliveira); Lucas Gomes (Robert) e Walter (Michael)
Técnico: Cristóvão Borges

BAYER LEVERKUSEN: Leno (Yelldell), Hilbert (Donati), Toprak (Boeder), Spahic (Frey) e Wendell (Boenisch); Bender (Rolfes), Gonzalo Castro (Reinartz), Bellarabi (Henrichs), Brandt (Yurchenko) e Calhanoglu (Drmic); Kiessling (Brasnic)
Técnico: Roger Schmidt

Fonte: terra.com.br