Fim de ano saudável

Fim de ano saudável

Edição de dezembro/2017 – pág. 31

Fim de ano saudável

O fim do ano é uma das épocas mais festivas do ano: Natal, Réveillon, Confraternização na empresa ou entre amigos e família. Essas festas tradicionais são momentos de encontros regados a votos de prosperidade e refeições fartas, com carnes, pães e bebidas. Para muitos, tudo é uma tentação e todos os nossos esforços em manter peso podem ir por água abaixo. Entretanto, é possível manter a forma e a saúde mesmo em épocas como esta, em que a mesa é recheada de pratos calóricos, como doces e salgados preparados pela mamãe, vovó ou titia. Por isso é muito comum sair da rotina, consumir calorias extras e cometer alguns excessos.

Podemos aproveitar as ceias, fazendo escolhas inteligentes e não nos abster desses momentos. Algumas orientações podem  ajudar na maratona de festas sem perder o pique, mantendo uma alimentação equilibrada.  À primeira vista, pode parecer estranho e até termos a sensação de que o típico sabor daquelas delícias será alterado. Porém, com um pouco de criatividade e sabedoria, podemos trocar ingredientes ou, até mesmo, o modo de preparo das receitas tradicionais de Natal e Ano Novo para tornar os pratos mais saudáveis e não exagerar na comilança. Desta forma, não abrimos mão da tradição e ainda poderemos ter uma mesa bonita e saborosa.

Seguem algumas orientações e dicas:

  • no dia de compras e preparo das festas, não deixe de se alimentar de três em três horas. Mesmo na correria das compras, leve na bolsa frutas ou barra de cereais. Esses são trunfos para um lanchinho mais leve fora de casa. Não se esqueça de uma boa hidratação. Durante o dia transpiramos e deixamos de repor os líquidos perdidos. Lembre-se da garrafinha de água a todo tempo ao alcance das mãos;
  • não vá para as festas de confraternização com fome. Antes tome um suco ou coma um sanduíche natural, assim tanto o apetite quanto a quantidade de salgadinhos, frituras, bolo ou docinhos serão reduzidos. Prove apenas alguns petiscos e faça escolhas saudáveis: suco de fruta para substituir o refrigerante e a cervejinha, saladas antes da refeição principal. Na mesa de frios, escolha aqueles alimentos de baixo valor calórico (frutas, queijo branco, ovo cozido, azeitona, palmito). E muita atenção com as quantidades!;
  • na ceia de Natal, comece planejando um cardápio mais leve! Depois prepare tudo com produtos lights, com reduzida adição de gordura e açúcar. Escolha pratos mais leves como saladas, carnes assadas e sucos. Como entrada, opte pelas saladas (verduras cruas e um prato bem colorido), assim aumenta a saciedade;
  • as oleaginosas, como nozes, amêndoas e castanhas, podem entrar no lugar das frutas cristalizadas, que possuem muito açúcar, o que garante o combate ao colesterol alto e a renovação dos cabelos e da pele;
  • dentre as carnes mais usadas no Natal, o peru é a escolha menos calórica se compararmos com o lombo, chester e tender. Mesmo assim, é importante prestar atenção à preparação e “usar temperos naturais ao invés dos prontos que são ricos em sódio”, como trocar a manteiga ou margarina por azeite extra-virgem;
  • para sobremesas, abuse das frutas, principalmente daquelas da estação: abacaxi, ameixa, manga, melancia, nectarina e pêssego. Cuidado também nas quantidades, reduza o volume;
  • caso você ganhe de presente uma cesta de chocolate, caixa de bombom ou outra guloseima rica em açúcar simples e gordura, pense muitas vezes antes de devorá-la de uma vez só! Divida o presente com o namorado, marido, mãe e irmãos e consuma sua parte em pequenas porções. Assim você consegue controlar e reduzir a quantidade de “calorias extras” do presentinho;
  • na festa de Ano Novo, procure manter o mesmo ritmo das festas anteriores, faça sempre escolhas mais leves, bastante água e suco para hidratar. Muitas vezes não tomamos água com tanta frequência porque estamos no inverno. Abuse das frutas! Evite também as bebidas alcoólicas ricas em “calorias vazias”. O ideal seria apenas uma taça de vinho para o brinde, pois essa bebida possui os polifenóis com propriedades antioxidantes.

O importante é lembrar que essas celebrações são momentos de união e confraternização, não apenas reuniões com o objetivo de comer. Concordo que comer também é uma forma de comemorar, porém, cuidado… pois sair do ano de 2017 de bem consigo mesmo e com a balança nos dá entusiasmo para 2018!

Como colaboradora do Jornal Nossa Gente, desejo muitas felicidades e realizações para nossos leitores e espero todos em 2018, com muito mais informações sobre medicina e saúde!