Excesso de peso

Excesso de peso

voltar

MAIO/2015 – pág. 51 e 56

med_natural

A melhor abordagem para o excesso de peso é vê-lo de forma integral e realística. Não existe fórmula mágica, mas a sincera vontade de “abrir mão” de seus velhos hábitos que o levaram ao sobrepeso. Além disso, também é necessário o esforço da ação pessoal e orientação profissional adequada em que as diferenças individuais são levadas em consideração. Como resultado da mudança do estilo de vida, o sucesso prolongado ocorrerá. O sobrepeso nem sempre está relacionado ao excesso de alimentação, pois existem pessoas bem magras que comem muito e pessoas com excesso de peso que comem pouco. Fatores físicos devem ser avaliados para verificar a presença ou não de enfermidades que podem causar ou agravar o aumento de peso. Uma vez eliminada ou tratada, a causa orgânica deve focar os hábitos do contexto emocional de cada um: ninguém quer emagrecer e voltar a engordar.

Em geral, as pessoas com sobrepeso têm hábitos não saudáveis como base do problema. Muitas delas tentam encontrar justificativas médicas para o aumento de peso e continuar com seus hábitos não saudáveis, porém, assim que a pessoa decidir abrir mão do excesso de peso, tomando como base princípios da nutrição saudável, o resultado positivo ocorre em quase todos os casos.A energia corporal armazenada sob forma de gordura origina-se basicamente de três fontes: proteínas, carboidratos e gorduras. Dentre eles, as gorduras contêm mais calorias, 9kcal/grama, comparado com 4kcal/grama dos carboidratos e das proteínas. Ou seja, tudo que contém gorduras engorda duas vezes. A grande maioria das gorduras ingeridas pelas pessoas é de origem animal e frituras.

Gorduras: a maior causa de diminuição do metabolismo

Quando as gorduras são ingeridas, todo o processo de digestão é retardado. A produção de ácido clorídrico pelo estômago é reduzida. De acordo com a Medicina Chinesa,o excesso de gordura ingerida (frituras, gorduras, óleos, carnes, laticínios) causa a deficiência de energia no meridiano do baço/pâncreas causando redução do metabolismo e gerando acúmulo de umidade (gordura e edema).

Alimentos integrais e exercícios

Alimentos processados, como açúcares refinados e farinhas, também comprometem o metabolismo. Esses alimentos são carentes de vitaminas, minerais e enzimas necessárias para uma digestão adequada, já os alimentos integrais possuem muitos nutrientes que faltam nos alimentos processados. Exercícios moderados regulares são essenciais para manter o bom fluxo de sangue e energia corporal, tratando assim a estagnação energética devido ao excesso de peso. Gordura e músculo são consumidos em taxas iguais durante a perda de peso, por essa razão, os exercícios são muito importantes para manter a massa muscular, protegendo inclusive a musculatura cardíaca (entre outros músculos) da deterioração.

Algumas sugestões para perder peso a médio e longo prazo

Parâmetros indicadores de que a dieta a longo/médio prazo irá funcionar:

  • sincero compromisso na mudança de seu estilo de vida;
  • compromisso consigo mesmo na atividade física como suporte;
  • utilização de dieta balanceada e não processada.

Entretanto, existem algumas (poucas) pessoas que, mesmo com um regime saudável, perdem peso muito lentamente ou não perdem. Para elas, é indicado mudar o estilo de dieta. Por exemplo, a dieta tradicional Asiática – voltada para perda de peso, pois enfatiza os sabores amargos e picantes, e limita os sabores doces, salgados e ácidos dos alimentos.

O conteúdo de gorduras e alimentos com propriedades diuréticas são importantes. Algumas sugestões derivadas da Medicina Chinesa e Medicina Ayurveda (Indu) são boas para àqueles que apresentam muita dificuldade em perder peso, principalmente para àqueles que estão na transição para a dieta não refinada de grãos e vegetais.

Óleos e sementes: os melhores são os que possuem ômega-3 e GLA (ácido gama linoléico), óleo extraído do Evening primrose, óleo de linhaça (flaxseed) e farinha de linhaça. O feijão azukié muito útil na ajuda da perda de peso quando usado como chá e ingerido várias vezes ao dia.

Grãos: os principais grãos para perda de peso são centeio, amaranto, quinoa e aveia. Entre eles,aveia cru é o melhor, devido ao seu sabor amargo que ajuda na perda de peso. O arroz basmati integral e o milho orgânico também são recomendados, mas com moderação.

Vegetais: os que apresentam sabor amargo são especialmente úteis, como: alface, aipo, aspargos, cebolinha e rábano.

Frutas e adoçantes: limão e grapefruit ingeridos diariamente, com a polpa e com uma parcela da parte branca (amarga), podem ser excelente remédio para ajudar a perder peso para àquelas pessoas que não são friorentas. Figos, tâmaras e frutas secas, em geral, dificultam essa perda. Como adoçante, a folha de Stevia, extrato ou em pó, é o mais indicado.

Produtos animais: evite os produtos gordurosos que promovem o aumento de peso, como leite e derivados e carnes vermelhas. Dentre os laticínios, os derivados da cabra podem ser usados com moderação.

Temperos e condimentos: reduzir o teor de sal ajuda a diminuir a retenção de líquido. Evitar miso, molho de soja, pickles. Os condimentos pungentes promovem a circulação de energia e aumentam a taxa de metabolismo para as pessoas friorentas, como: cominho, gengibre, cravo, hortelã, erva-doce, anis e pimenta-de-caiena. Para os calorentos: hortelã, camomila, rábano, folha de nabo (turnip), rabanete, inhame e pimenta-branca.

Ervas: as amargas são as melhores para ajudar no emagrecimento, pois tem uma ação purificadora e desintoxicante, particularmente úteis são: raiz de bardana (burdock root), dente de leão, camomila, greentea e ban-chá.

Alfafa: devido à ação drenadora, ajuda no tratamento do sobrepeso. Os brotos podem ser usados crus, rapidamente cozidos ou sob a forma de chá.

O primeiro passo é quase sempre o mais difícil, não desanime!Como disse Carlos Torres Pastorino no livro “Minutos de Sabedoria”: “Sem esforço de nossa parte, jamais atingiremos o alto da montanha. Não desanime no meio da estrada: siga em frente, porque os horizontes se tornarão amplos e maravilhosos à medida que for subindo. Mas não se iluda, pois só atingirá o cume da montanha se estiver decidido a enfrentar o esforço da caminhada”. Até a próxima!

Elly Tuchler
Médica Acupunturista
www.acuhomeo.com
(407) 373-0606