Eleições 2018: saiba o que fazer para votar ou justificar seu voto

Eleições 2018: saiba o que fazer para votar ou justificar seu voto

Orlando, Fl – 25 de setembro

No próximo dia 7 de outubro o Brasil inteiro vai às urnas para o primeiro turno das eleições que elegem presidente, governadores, senadores, deputados federais e estaduais. Entretanto, para os brasileiros que residem fora do país e que são registrados na Zona Eleitoral ZZ, o voto será apenas para presidente. A votação fora do território nacional é organizada pelo Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal, com o apoio da Rede Consular brasileira em cada país. O Código Eleitoral prevê como condição para a criação de mesas de votação no exterior o número mínimo de 30 eleitores. As Missões Diplomáticas ou Repartições Consulares comunicarão, aos eleitores votantes no exterior, o horário e o local da votação.

LOCAL DE VOTAÇÃO: acesse o endereço eletrônico do TSE e clique em “LOCAL DE VOTAÇÃO”. Informe seu nome, data de nascimento e nome da mãe para verificar o local de votação (Miami ou Orlando), o número do seu título de eleitor e a seção eleitoral.

ENDEREÇOS DOS LOCAIS DE VOTAÇÃO

  • MIAMI: MIAMI DADE COLLEGE – WOLFSON CAMPUS – PRÉDIO 3, 300 NE 2nd Ave, Miami, FL, 33132
  • ORLANDO: I-DRIVE NASCAR – AMP GROUP, 5228 Vanguard St, Orlando, FL, 32819

SEÇÕES AGREGADAS: visando à racionalização dos trabalhos eleitorais o Cartório Eleitoral do Exterior aderiu ao sistema de agregação de seções. Com a agregação de seções uma urna receberá votos dos eleitores de duas ou mais seções, até o limite de 800 eleitores por urna. Acesse o link para verificar se sua seção eleitoral foi agregada.

DOCUMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO: não é necessário apresentar o Titulo de Eleitor no dia da votação. É conveniente saber o número da seção eleitoral para facilitar a localização da sala onde o eleitor votará. Na consulta do LOCAL DE VOTAÇÃO é informada a seção eleitoral. No dia da votação apresente um documento brasileiro de identificação com foto: passaporte; carteira de identidade, e-titulo com biometria (e-titulo com foto), carteira brasileira de motorista, carteiras profissionais – OAB, CRO, CREA, CRM CRA, etc

CALENDÁRIO ELEITORAL

  • 7 de outubro (domingo) – Primeiro turno das eleições. A votação ocorrerá entre 8h e 17h.
  • De 7 de outubro a 6 de dezembro de 2018 – Período para o eleitor justificar a ausência do voto no primeiro turno.
  • 28 de outubro (domingo) – Segundo turno das eleições. A votação ocorrerá entre 8h e 17h.
  • De 28 de outubro a 27 de dezembro de 2018 Período para o eleitor justificar a ausência do voto no segundo turno.

JUSTIFICATIVA DE AUSÊNCIA DE VOTO: o eleitor que por qualquer motivo não puder comparecer para votar na sua seção eleitoral deverá apresentar a justificativa eleitoral. O eleitor deverá apresentar uma justificativa para cada turno que deixar de votar. IMPORTANTE: O eleitor que não votar e não justificar a ausência do voto por três vezes consecutivas terá sua inscrição eleitoral cancelada e, consequentemente, seu CPF será suspenso.

JUSTIFICATIVA DO ELEITOR INSCRITO NO EXTERIOR OU NO DISTRITO FEDERAL

O ELEITOR INSCRITO NO EXTERIOR (ZONA 001) OU NO DISTRITO FEDERAL deverá utilizar o sistema de justificativa online do Cartório Eleitoral do Exterior. No período indicado no calendário acima o eleitor poderá acessar o sistema para preencher e encaminhar o formulário online de justificativa.

JUSTIFICATIVA DO ELEITOR INSCRITO NO BRASIL: O ELEITOR INSCRITO NO BRASIL deverá verificar junto ao Cartório Eleitoral responsável pela sua zona eleitoral os procedimentos para fazer a justificativa de ausência de voto.

Concorrem à Presidência da República do Brasil os seguintes candidatos: 

  • Jair Bolsonaro, do Partido Social Liberal (17)
  • Ciro Gomes, do Partido Democrático Trabalhista (12)
  • Fernando Haddad, do Partido dos Trabalhadores (13)
  • João Amoedo, do Partido Novo (30)
  • Geraldo Alckmin, do Partido da Social Democracia Brasileira (45)
  • Marina Silva, do Rede Sustentabilidade (18)
  • Alvaro Dias, do Podemos (19)
  • Cabo Daciolo, do Patriota (51)
  • Guilherme Boulos, do Partido Socialismo e Liberdade (50)
  • Henrique Meirelles, do Movimento Democrático Brasileiro (15)
  • José Maria Eymael, do Democracia Cristã (27)
  • João Vicente Goulart, do Partido Pátria Livre (54)
  • Vera Lúcia, do Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (16)