Cuba liberta 53 presos políticos para atender aos EUA e normalizar relações

Cuba liberta 53 presos políticos para atender aos EUA e normalizar relações

Cuba-UsaO governo cubano libertou os 53 presos que eram considerados prisioneiros políticos pelos Estados Unidos, no âmbito do processo de normalização das relações entre Havana e Washington. A informação foi dada pelo governo norte-americano, sem revelar a identidade das pessoas que foram libertadas.

Os presidentes norte-americano e cubano, Barack Obama e Raúl Castro, respectivamente, anunciaram no dia 17 de dezembro que os dois países iam começar um processo de normalização das relações diplomáticas, depois de um embargo norte-americano que dura mais de meio século.

Os Estados Unidos e Cuba, que estão separados unicamente pelos 150 quilômetros do Estreito da Flórida, não têm relações diplomáticas oficiais desde 1961. O embargo econômico, comercial e financeiro contra Cuba foi imposto pelos Estados Unidos em 1962, depois do fracasso da invasão da ilha para tentar derrubar o regime de Fidel Castro em 1961, que ficou conhecida como o episódio da Baía dos Porcos.

As primeiras conversas oficiais estão agendadas para os próximos dias 21 e 22 em Havana. Os dois países devem discutir, entre outros aspectos, a abertura de embaixadas.

Fonte: Agência Brasil