Como usar o pincel de maquiagem

Como usar o pincel de maquiagem

Hoje, vamos aprender como preparar a pele para deixar a make-up com cara de diva. Todo mundo sabe que o sucesso da maquiagem depende, sim, da preparação cuidadosa que se deve fazer antes de receber todos os milhares de produtos que você põe no seu rosto, evitando que você chegue ao fim do dia ou da festa toda borrada.

Atenção: aconselha-se usar esse passo a passo para a maquiagem levinha do dia ou completa da noite, ok? O que importa é a saúde da sua pele, que agradece.

Então, vamos lá:

  1. LIMPAR/TONIFICAR/HIDRATAR: esse trio faz milagre na sua pele, não dispense jamais. Esses três itens devem ser de acordo com o tipo da sua pele – oleosa, mista ou seca;

  1. PRIMER: o primer é um produtinho maravilhoso que serve para segurar a maquiagem por mais tempo (é ótimo para quem trabalha o dia todo e precisa estar linda) e também para atenuar as linhas de expressão do rosto. Existem mil marcas no mercado com preços bastante acessíveis;

  1. BASE: primeiro, a dica para quem mora em lugares muito quentes: não dispense a base jamais, faça dela sua melhor amiga. Sabe por quê? Mesmo que ela não contenha filtro solar na sua composição, ela é composta por partículas de óxido de titânio, as mesmas que existem nos protetores solares minerais, formando proteção mecânica na sua pele. A base varia de acordo com o tom da sua pele, que pode ser fria, quente ou neutra. Para descobrir a sua, coloque um pouquinho dela no dorso da mão ou no punho. Já existem lojas que dispõem de uma cartela de cores para base e corretivo para você fazer o teste na hora. Quando a cor desaparecer, é a sua ideal. Eu aconselho bases que contém serum anti-idade ou antioxidante e, óbvio, filtro solar, por favor. Tudo que puder ajudar no processo de antienvelhecimento é melhor. Ah, quanto mais fluida, mais levinha fica a cobertura, ok? Existem vários tipos de pincéis para aplicação da base, que variam muito de acordo com o gosto de cada um. Você coloca apenas 3 gotinhas da base no dorso da mão e, gentilmente, espalha a base pelo rosto sempre fazendo os mesmos movimentos. Pode até passar nos olhos também, depois do corretivo. Os tipos de pincéis para base no mercado são:

  1. CORRETIVO: o corretivo líquido é o mais indicado para a região dos olhos por ser mais fluido e não deixar a aparência tão pesada. Já a pasta serve melhor para áreas de marcas de espinhas, sol e outras imperfeições ao longo do queixo e nariz. Quanto mais pesada for a pasta, mais seus olhos tendem a ficar com marcas nas ruguinhas dos olhos, como se tivessem se quebrando. Aqui, uma dica de ouro, que eu só descobri há pouco tempo. Eu achava que quanto mais claro fosse o corretivo, mais ele disfarçava o preto ao redor dos olhos, ERRADOOOOOO. Você precisa escolher a cor que mais se aproxime do seu tom de pele, faça o teste sobre a sua mão e, se a cor desaparecer, essa é sua cor ideal (da mesma forma que na base). Outra dica, se você tem olheiras profundas, escolha um corretivo que tenha pigmentação alaranjada, isso vai fazer com que o preto desapareça. Mas, se suas olheiras são suaves, fica valendo a dica anterior – sobre um tom próximo da sua pele. Eu sempre prefiro passar o corretivo com leves batidinhas com meu dedo anelar, formando camadas. No entanto, isso fica a critério de cada um. Os tipos de pincéis para corretivo no mercado são:


  1. PÓ: esse pode ser compacto ou solto e deve ser passado igualmente de forma suave nas áreas de maior oleosidade. Os pincéis podem ser:


Valéria Didier Consultora de Imagem
moda@nossagente.net
www.temqueterestilo.com.br