Colite: Comidas que devem ser evitadas

voltar

AGO/13 – pág. 66 e 67

Colite significa inflamação do intestino grosso. Várias são as causas da colite: emocional; alimentar (gastroenterite, causada por bactérias); infecções causadas por vírus; parasitas; pós-irradiação consequente ao tratamento do câncer intestinal; ou de causa inflamatória, como a Colite Ulcerativa, chamada também de Doença de Crohn (úlceras na parede do intestino).

Os sintomas mais comuns são:

  • dor e/ou distensão abdominal, que pode ser constante ou periódica;
  • urgência de evacuar e evacuações frequentes;
  • diarreia ou fezes pastosas;
  • febre;
  • desidratação.

Decorrente do rápido fluxo dos alimentos no intestino, a absorção dos alimentos é prejudicada, causando deficiências vitamínicas, muita fraqueza e fome constante.

Neste artigo, vamos abordar principalmente o aspecto alimentar.

Dieta pobre em fibras e em resíduos, principalmente nas crises.

Os benefícios desta dieta é reduzir a frequência das evacuações e o volume das fezes, prolongando o tempo de exposição dos alimentos no intestino para que os nutrientes possam ser melhores absorvidos pela mucosa intestinal. A dieta pobre em resíduos deve conter menos de 10 gramas de fibra por dia. O uso prolongado dessa dieta pode provocar deficiência de vitamina C, cálcio e ácido fólico, devido à restrição de frutas e vegetais – que devem ser reintroduzidos na dieta após as crises de colite. Nesse caso, suplementos podem ser recomendados.

Dairy productsÉ bem importante manter a hidratação, principalmente durante as crises. A água de coco, com baixo teor de açúcar (6-8 gramas,) é bastante útil na reposição diária dos eletrólitos.

Muitos produtos com baixo teor de resíduos e fibras podem ser encontrados nas seções orgânicas dos Health Food Stores.

Certas comidas e certos hábitos alimentares não são os causadores de colite, porém podem agravar muito os seus sintomas. Abaixo, seguem alguns alimentos que devem ser evitados:

  • Grãos: os legumes e os grãos são, em sua maioria, ricos em fibra e podem causar gases agravando o quadro de colites, principalmente durante a crise. Para amenizar esses sintomas, podem ser usados em pequenas quantidades e sem a casca. O grão de bico sem casca, por exemplo, pode ser transformado em purê ou em húmus que, para alguns, é mais facilmente tolerado.
  • Café e Chá: bebidas ricas em cafeína, como café, chá preto, guaraná, energy drinks, tornam o controle dos sintomas das colites bem mais difícil.
  • Laticínios: podem causar sintomas semelhantes às colites, especialmente se existir intolerância à lactose.
  • Brócolis: e outros, como repolho-de-bruxelas, couve-flor, repolho, aipo, cebola crua, causam gases, distensão e dor abdominal, além de serem de difícil digestão. Caso seu organismo tolere esses alimentos, prefira comê-los cozidos e cortados em pedaços bem pequenos para facilitar a digestão.
  • Sementes: nas crises de colite, evite o uso de sementes de frutas e nozes, incluindo amendoim. São geradoras de calor, segundo a medicina chinesa, e agravam o quadro. Fora das crises, recomenda-se a farinha de flaxseed (semente de linhaça) em pequenas quantidades, ou tahine (pasta de gergelim).
  • Milho e Cogumelos: em geral, são de difícil digestão e devem ser evitados durante a crise de colite. Nas crises, devem-se evitar alimentos ricos em fibras (geram resíduos), bem como alimentos crus (difíceis de digerir). Quando triturados no liquidificador ou sob a forma de sopa, a tolerância é melhor.
  • Comidas Gordurosas: quando os sintomas de colite estão presentes, carnes gordurosas podem agravar consideravelmente o quadro. O que se pode tentar é o uso da carne bem magra e bem cozida na panela de pressão. Também deve ser bem mastigada. Comidas preparadas com creme, como molhos e maionese, podem muitas vezes desencadear uma crise de colite. São alimentos geradores de calor, segundo a MTC (Medicina Tradicional Chinesa).
  • pimenta-capsicum-spp-1336160302864_956x500Temperos: podem ser usados desidratados ou frescos cortados bem finos para serem mais facilmente digeridos, como salsa, coentro, menta, alfavaca, cebolinha, alecrim. Evitar pimentas, pois geram calor no intestino agravando a diarreia e podendo causar sangramento, segundo a Medicina Chinesa.
  • Chocolate: açúcar, gordura e cafeína, uma combinação perfeita para desencadear ou agravar o quadro de cólicas e diarreia. Caso não consiga evitar, tente um pequeno pedaço de chocolate amargo de boa qualidade e veja se seu corpo tolera melhor.
  • Álcool e sodas: em geral, os produtos alcoólicos podem desencadear ou agravar o quadro de diarreia, porém pode variar de acordo com a pessoa. O vinho tinto é menos tolerado que o vinho branco, assim como cerveja e bebidas gasosas causam mais frequentemente gases e distensão abdominal. As sodas, na maioria, contêm uma mistura de cafeína, açúcar ou adoçante artificial e podem aumentar a produção de gases, cólicas e distensão abdominal. Tente diminuir ao máximo a quantidade de refrigerantes e tente substitui-los por chás, como menta, camomila ou gengibre.

Um alimento muito bom para pessoas que sofrem desse mal são os sucos sem resíduos que, preparados na centrífuga ou coados na peneira fina, são excelentes para o tratamento. São facilmente absorvidos pela mucosa intestinal, diminuindo o cansaço, dando mais energia e regulando o apetite, além de dar o descanso necessário para a reparação da mucosa do intestino.

Sugestões de sucos:

  1. Super verde: 5 folhas de couve, 1/3 de molho salsa, 1 copo de espinafre, ½ copo de acelga, 1/2 copo de brócolis, 1 maçã sem casca.
  2. Limpeza: 7 folhas de dandelion (dente-de-leão), 4 folhas de beterraba , ¼ de beterraba, ¼ de gengibre (raiz), 2 cenouras, 4 folhas grandes de couve.
  3. Gostoso: ½ copo de espinafre, ¼ raiz de gengibre, 2 folhas de dente-de-leão, ¼ beterraba, ½ pepino, 1/3 de molho de salsa, ½ copo de couve, ½ copo de brócolis, 1 cenoura.

Dalai Lama comenta sobre o que mais o surpreende a respeito do ser humano, o que nos faz pensar:

“O homem sacrifica sua saúde para fazer dinheiro. Depois, sacrifica seu dinheiro para recuperar sua saúde. Depois, ele está tão ansioso pelo futuro que não aproveita o presente: o resultado é que ele não vive nem o presente nem o futuro, ele vive como se nunca fosse morrer e depois morre como se nunca tivesse vivido”.

Elly Tuchler
Médica Acupunturista
www.acuhomeo.com
(407) 373-0606