Brasileiro pode financiar em até 30 anos imóvel na Flórida

Brasileiro pode financiar em até 30 anos imóvel na Flórida

Desde 2008, cada vez mais brasileiros estão investindo na compra e locação de casas no estado norte-americano

A procura de brasileiros que buscam investir em imóveis no estado da Flórida, nos Estados Unidos, tem aumentado consideravelmente nos últimos anos, principalmente nas cidades de Miami e Orlando. O crescimento da demanda está ligado aos efeitos da crise econômica de 2008, que beneficiaram e influenciaram os brasileiros a investir em compra e aluguel de imóveis na região.

Há algumas semanas, a cotação do dólar se aproximou de R$ 2,45, causando grande impacto nas vendas para brasileiros. O resultado foi uma redução nas transações financeiras de câmbio e remessas para os Estados Unidos com a finalidade de investir no exterior.

A moeda norte-americana voltou ao patamar de R$ 2,20, modificando novamente o cenário. Dois fatores foram responsáveis para que a cotação não tenha se mantido no nível anterior: o Banco Central implementou seu plano de atuação de US$ 60 bilhões até o fim do ano, agradando o mercado, juntamente com decisão de comitê do FED, que definiu pela continuidade no programa de compras de títulos, resultando na entrada de US$ 85 bilhões/mês no mercado global.

d4a2259252776bf34ddfe24dabfa46e1Entre os empreendimentos lançados recentemente, há o Magic Village Resort, localizado a pouco mais de um quilômetro do complexo Walt Disney World

Com esta despencada do dólar, aqueles que pretendiam comprar um imóvel em Miami para uso em suas férias estão fechando negócios no mercado imobiliário nos Estados Unidos, pois é notória a quantidade de novos lançamentos, sobretudo em Miami e Orlando, que têm sido absorvida pela demanda de venezuelanos e argentinos, seguido por brasileiros e mexicanos.

“Segundo o movimento apurado aqui na corretora, de operações específicas a aquisição de imóveis no exterior, notamos um contínuo crescente de volume, iniciado há mais de dois anos e que desde então atinge recordes a cada mês”, afirma Fernando Bergallo, gerenciador de câmbio da TOV Corretora.

Lançamentos

“Já é possível perceber uma recuperação da economia. As incorporadoras estão se envolvendo em vários lançamentos imobiliários. Na Flórida, o mercado cresce em média 14% ao ano”, afirma o corretor Tarcísio Ximenes Aguiar Júnior, presidente da Ximenes Real Estate Partners.

Para exemplificar como o mercado está aquecido, ele informa que o nível de velocidade de vendas dos imóveis gira em torno de cinco meses. Ele lembra, ainda, das facilidades oferecidas a brasileiros que buscam adquirir uma casa nos Estados Unidos. As taxas de juros, por exemplo, variam de 3,85% a 4% ao ano. Dentre os empreendimentos lançados recentemente citados por Tarcísio Ximenes está o Magic Village Resort, em Orlando, localizado a pouco mais de um quilômetro do complexo Walt Disney World. Ao todo, são 180 casas com vista para um lago. De acordo com ele, o resort dispõe de unidades de 217 a 261 m².

As casas serão duplex com três suítes ou tríplex com quatro suítes. A previsão é que as primeiras unidades comecem a ser entregues em outubro do próximo ano. “É válido lembrar que os compradores recebem as unidades decoradas e mobiliadas. O resort contará com piscina, SPA, cozinha gourmet, espaço para crianças com recreadores, além de outras instalações e serviços que trazem comodidade à vida do morador”, destaca Tarcísio Ximenes, acrescentando que o preço médio de cada casa é US$ 329 mil, cerca de R$ 723.

Condições

Para brasileiros, informa o empresário, o financiamento é feito em até 30 anos, com a possibilidade de o cliente pagar de 35% a 50% do valor durante a construção total do empreendimento, estimada em 16 meses, sem juros. “O comprador recebe a casa e o restante do valor é pago em prestações de US$ 1.100 dólares (R$ 2.420), valor em que já está inserida a taxa de juros e o IPTU anual”, afirma.

Fortaleza

Conforme Tarcísio Ximenes, a participação de moradores e investidores de Fortaleza na Flórida vem crescendo, tendo em vista uma maior divulgação de informações referentes ao mercado imobiliário americano. Ele lembra que, ao colocar a casa no sistema de aluguel por temporada, o investidor, por exemplo, consegue um lucro de até US$ 2.500, o dobro do valor das parcelas do financiamento.

Com a previsão de um voo direto de Fortaleza para Orlando, já a partir do próximo dia 21 de dezembro, a expectativa é que a busca de moradores da Capital por imóveis nos Estados Unidos aumente ainda mais. Inicialmente, o voo da empresa norte-americana Dynamic Airway terá frequência semanal, com 6h50min de duração.

Fonte: diariodonordeste.globo.com