Aposentadoria vai além de equacionar um orçamento

Aposentadoria vai além de equacionar um orçamento

voltar

MAIO/2015 – pág. 35

romanoChegando à idade de pensar na aposentadoria, encontrei uma dica dada por um especialista na área que levanta exatamente os temas importantes para essa decisão.

Qual é a sua motivação para se aposentar?

Em certo momento, muitas pessoas começam a se cansar de ir para o trabalho. O trabalho que costumava ser amado transforma-se em um que, agora,é desprezado. As razões podem ser o mercado, a economia, as novas normas e regulamentos ou expectativas frustradas de ganhar um salário mais alto. Muitas empresas não tratam bem seus empregados, e alguns trabalhadores, especialmente os na idade de se aposentar, que chamamos de “baby boomers”, estão prontos para buscar o caminho da aposentadoria.
Você já não gosta do seu trabalho, mas essa é a melhor razão para se aposentar?

Existem outras considerações: primeiro, avalie o que é aposentadoria e o que você espera encontrar nessa nova fase. Você pode não ter pensado no futuro, porque, neste instante, aspira à ideia: “Eu preciso deixar este trabalho”, mas a melhor abordagem é refletir sobre o que você tem agora e como seu novo mundo vai ser. O que fará na aposentadoria?

A maioria das pessoas gasta muito tempo calculando o custo da aposentadoria: quanto dinheiro terá em suas contas, o valor que receberá do seguro social e pensões, o custo de vida na aposentadoria, como pagar taxas, a inflação e o imposto de renda. Mas não considera como se ocupará quando se aposentar.

Uma das melhores maneiras de se preparar para a aposentadoria é abordar essa questão.Completar um exercício do que atualmente gosta de fazer e o que sempre quis fazer, mas nunca o fez. A partir desse exercício, deve-se criar uma lista de seus desejos, o famoso Bucket List.

Essa lista pode tornar-se um verdadeiro roteiro para a aposentadoria. Ela pode levá¬-lo para o que se quer realizar depois de se aposentar do trabalho e antes de se aposentar da vida. Isso irá ajudá-lo a criar um orçamento. Pode-se construir uma lista de todas as coisas que se vai fazer na aposentadoria, e de lá, construir um orçamento de aposentadoria. Montar um fluxo de caixa realístico para essa fase irá ajudá-lo a estruturar um orçamento para nunca ficar sem dinheiro.

Como exemplo, o especialista começou a trabalhar com um casal que estava parcialmente aposentado. A esposa tinha parado de trabalhar e o marido continuou ocupando-se de alguma consultoria. Na verdade, ele estava em seu terceiro trabalho de consultoria (depois que ela se aposentou formalmente). Durante uma consulta, o especialista em aposentadorias perguntou: “O que vocês sempre quiseram fazer, mas não fizeram?” A mulher respondeu imediatamente que ela odiava Virgínia (Estado da Virgínia) durante os invernos. Ela não gosta do gelo e da neve, nem das longas filas nos supermercados antes de uma tempestade iminente. Ela disse, ainda, que a última tempestade de inverno deixou-os sem energia elétrica por mais de três dias.

Quando perguntei o que ela queria fazer, ela respondeu que não podia fazer nada, porque seu marido ainda estava trabalhando. Por isso, eu perguntei ao marido se ele poderia fazer isso em locais diferentes? Ele concordou que sim. Nos meses seguintes, começaram a construir um plano para passar o inverno fora da Virgínia. Tudo começou com uma viagem de duas semanas para a Flórida no primeiro inverno; no ano seguinte, foi um mês – seguido de dois. Agora, o casal gasta cerca de cinco a seis meses por ano na Flórida, Arizona e, às vezes, até em ilhas do Caribe.

Foi uma boa maneira para que eles realmente aproveitassem sua aposentadoria, mas precisou de uma forma diferente de pensar e de planejamento. Reflita sobre sua situação atual e do que gostaria de fazer ao longo dos próximos anos. Esse planejamento vai ajudá-lo a montar um orçamento, construir um plano financeiro e investir para a aposentadoria. É a melhor maneira de verificar “para onde está indo” contra “para onde você quer chegar”. Essa é a chave para realmente curtir a aposentadoria.

Antonio Romano
www.atlanticexpress4.com
antonioromano@gmail.com