“All Music” traz show de Naiara Azevedo a Orlando

“All Music” traz show de Naiara Azevedo a Orlando

voltar

FEV/2017 – pág. 22

A cantora é sucesso no Brasil com o hit “50 Reais” e agrada na sua primeira turnê nos EUA abrindo a temporada de shows em 2017 sob o comando do empresário Anderson Gonçalves, da “All Music Entertainment”

Page22_Anderson-e-naiara

Sob o comando do empresário Anderson Gonçalves, a “All Music Entertainment” trouxe a Orlando, no início do mês de fevereiro, o show da cantora Naiara Azevedo, apontada como a nova revelação da música sertaneja, colecionando sucessos no Brasil, incluindo o hit, “50 Reais”. Alegre, divertida e contagiando a plateia, Naiara agradou em sua apresentação no “Lux Ultra Lounge”, em Orlando, mobilizando um bom público, consolidando outro grande feito da “All Music”. Esta foi à primeira turnê internacional da cantora – Boston, Newark, Miami e Orlando -, se adaptando às baixas temperaturas do inverno americano, em meio ao calor dos brasileiros. “A vinda de Naiara Azevedo dá inicio ao nosso projeto de shows para 2017 nos Estados Unidos, que inclui a volta de Gustavo Lima e do Grupo Titãs que irá se apresentar na Califórnia, São Francisco e Los Angeles. Naiara realiza a sua primeira turnê internacional e vem agradando com seu carisma e a forte presença de palco”, ressalta o empresário.

Mas a grande surpresa na agenda musical deste ano da “All Music Entertainment”, adianta Anderson Gonçalves, é a realização de um Festival de Música, ainda sem data definida, que irá reunir grandes cantores brasileiros na Flórida. “Tenho elaborado o projeto de um festival que acontecerá ainda este ano na Flórida. O evento promete muito, pois será uma celebração musical em alto estilo, proporcionando ao público boa música e atrações surpreendentes”, reforça. “Estou empenhado na realização do festival e garanto que será o evento do ano, entre outras atrações que estão sendo programadas pela ´All Music´. Vem coisa boa por aí”, reforça.

Trazendo aos Estados Unidos nomes importantes do cenário musical brasileiro, a “All Music Entertainment” – há dois anos em plena atividade -, conquista respeitabilidade junto à Comunidade Brasileira, estreitando laços entre os dois países. Em 2016, por exemplo, foram 11 shows realizados, destacando-se as apresentações da dupla sertaneja Victor & Leo, do grupo Titãs e do notável Lulu Santos. “É importante para a comunidade brasileira poder rever os seus ídolos e conhecer os novos artistas do Brasil. O pessoal aqui fica carente das atrações do Brasil, então a ´All Music´ supre esta carência programando shows de cantores renomados, para a alegria da comunidade”, acrescenta.

Quanto à pauta de shows, dos artistas selecionados para se apresentarem em Orlando e nos demais estados americanos, disse Anderson Gonçalves que, primeiramente, atende ao pedido do público. “Procuro estar atento quanto à solicitação da nossa comunidade”, comenta. “Contratamos shows de artistas que estão em alta no Brasil, de cantores já consagrados e daqueles que estão despontado no campo musical. É uma forma de divulgar o trabalho deles nos Estados Unidos. A Naiara Azevedo, cantora e compositora que está em alta no Brasil com seu estilo sertanejo, é a bola da vez. É disso que o público gosta, de shows que trazem alegria e descontração. Uma forma de matar a saudade do nosso Brasil”, finaliza.

Entrevista com Naiara Azevedo

Durante o encontro com a imprensa em Orlando, na “Boi Brazil Churrascaria”, a cantora e compositora Naiara Azevedo mostrou-se extremamente simpática, falando da carreira e da emoção de sua primeira turnê internacional, promovida pela “All Music Entertainment”. A intérprete da canção sertaneja que virou hit no Brasil, “50 Reais”, preparou um supershow para a Comunidade Brasileira, no “Lux Ultra Lounge”, em Orlando, regado a axé, alegria e músicas para matar a saudade do Brasil.

A cantora falou da magia americana e da experiência em reencontrar os brasileiros que vivem no país. “Tudo tem sido uma grande experiência para mim. O fato de eu estar fora do Brasil e entender um pouco do pessoal aqui é interessante. Os Estados Unidos é totalmente diferente do Brasil, embora a gente tenha aqui o arroz com feijão, uma carne maravilhosa e Assaí. Isso faz a gente se sentir bem mais próximo do Brasil. Andar pelas ruas, visitar o comércio e encontrar brasileiros é uma experiência gratificante”, relata.

“Os Estados Unidos é algo mágico. A gente que vem pela primeira vez fica imaginando uma série de coisas, mas, na verdade, está concretizando o que se vê nos filmes”, enfatiza a cantora. “Orlando é uma cidade linda, com seus pântanos e construções. Casas bonitas, as comidas, as pessoas, as roupas, é tudo perfeito, como nos filmes (a cantora sorri, mas se mostra preocupada). E o que me deixou mais chocada é saber que temos um Brasil maravilhoso, que poderia ser igual ou melhor que os Estados Unidos. O nosso clima é perfeito, nós não temos desastres ecológicos. Um país rico, com muitos minerais como ouro, diamante, um clima perfeito, mas estamos tão atrasados (alfineta com indignação)”.

Ao comentar o convite que recebeu da produção do “Fantástico”, da Globo, para atuar no quadro, Repórter por Um dia”, em Nova York, Naiara Azevedo não conteve a satisfação. “Ser repórter por um dia no ´Fantástico´ foi uma conquista. O ´Fantástico´ é um programa muito conceituado, de grande audiência e que está no ar há muitos anos. Eu ainda estava na barriga da minha mãe e o programa já era sucesso – a cantora tem 27 anos. Foi excelente andar pelas ruas de Nova York, muito bom (sorri).

Sobre o sucesso alcançado no Brasil com um estilo denominado “sofrência” – letras que falam de traição e de amores não resolvidos -, a cantora foi enfática. “Tenho trabalhado duro há muito tempo para chegar ao sucesso. Eu vivo de música há sete anos, trabalhando pelas beiradas, sem holofotes, sem a mídia em cima. Em 2016 o mercado virou as suas atenções para o nosso trabalho, e nada mais justo porque é um trabalho feito com muito carinho. Torço para que mais mulheres venham para os palcos para que possamos ser reconhecidas cada vez mais”, comemora.

Indagada sobre a semelhança das letras das músicas que canta com a sua vida real, Naiara Azevedo confessou que o sucesso “50 Reais” foi inspirado numa trágica experiência amorosa que vivenciou. “A música ´50 Reais´ é um trabalho de vários compositores, mas foi inspirada em uma experiência que eu vivi. E você surpreender a pessoa amada com outra pessoa, seja no motel ou flagrá-la enviando mensagens, é constrangedor porque ninguém gosta de ser enganado. A traição vale 50 reais (risos)”.

“As outras músicas foram baseadas na vida real dos brasileiros. Na ´sofrência´ do dia a dia, de falar a verdade”, alerta. “É o diálogo entre duas mulheres quando discutem relacionamentos, do sujeito que fala que vai até o bar para tomar uma. O linguajar popular. E graças da Deus deu certo, as músicas são sucessos no Brasil. Mas à força maior, o dom, vem de Deus, pois não faltaram situações para que eu desistisse da carreira. Sempre tive muita força de vontade e tenho pessoas importantes a minha volta que estimulam a minha carreira. Tenho um empresário maravilhoso – Rafael Cabral -, que a princípio era o meu amigo, depois meu namorado e hoje é meu esposo. Uma pessoa incrível”, confessa Naiara.

“Tenho os meus fãs, que é o mais importante da minha carreira, que levam o meu trabalho à frente. Devo muito a eles a fase que estou vivendo hoje. Na verdade, sou apenas um detalhe entre tantas coisas que estão acontecendo a minha volta”, reforça.

Sobre a turnê internacional, levando entretenimento aos brasileiros em terra americana, a cantora externou a sua satisfação pessoal e profissional. “A experiência da turnê está sendo ótima. Soube que os brasileiros sentem muita saudade do Brasil então eu trouxe um show diferente do show que faço no Brasil. Canto axé para o pessoal matar a saudade do Carnaval, têm ritmos do Paraná que é meu estado – a cantora é natural do Município de Farol -, músicas que trazem saudosismo do Brasil. Eu fiz shows em Boston, Newark e foi ótimo. Em Orlando, espero poder agradar a todos e também em Miami (os shows foram sucesso em Orlando e Miami). A música é algo muito especial, não tem fronteiras. Algo que Deus criou para unir as pessoas. Por exemplo, ouço uma música em inglês e posso sentir a força da sua mensagem, mesmo sem entender a língua. É a magia da música em transmitir sentimentos. E a minha música transmite sentimento de alegria, de amor, de ´sofrência´ em todos os idiomas. A música é universal”, finaliza.

Serviço

All Music Entertainment

Fone: (321) 333-1225

E-mail: ragshow@hotmail.com


WaltherAlvarenga

Walther Alvarenga