Share
Agentes do ICE tem ordem para agir contra qualquer  indocumentado

Agentes do ICE tem ordem para agir contra qualquer indocumentado

Edição de julho/2017 – pág. 04

Jehozadak Pereira – Copyright 2014 © www.jehozadakpereira.com

Embora a ordem do governo tivesse como alvo imigrantes com passado criminal, que tivessem retornado depois de deportados dos Estados Unidos, ou que representassem ameaças à segurança pública, as coisas tomaram um outro rumo a partir de um memorando interno datado de fevereiro e assinado por Matthew Albence, diretor executivo do Enforcement and Removal Operations (ERO) aos agentes sob o seu comando.

Albence determinou aos 5,7 mil oficiais sob o seu comando que todos os imigrantes indocumentados que sejam encontrados no exercício das suas funções são elegíveis para remoção, independentemente de ter ou não um passado criminoso.

A ordem assinada por Matthew Albence vai contra a promessa do governo Trump de priorizar a deportação de imigrantes que representem de fato uma ameaça à segurança pública. O memorando do diretor do ERO derruba por terra tal afirmação, colocando como prioridade qualquer imigrante indocumentado.

É notório que o governo deu poderes discricionários aos agentes para iniciar processos de remoções contra qualquer indocumentado, que foi publicado antes do que Albence determina. Na prática os efeitos desta medida significa que em qualquer operação que tenha um indocumentado como alvo e que esteja acompanhado de outros indocumentados, todos serão detidos e colocados em processo de remoção. Entre os meses de fevereiro e maio deste ano, a administração Trump prendeu uma média de 180 indocumentados por dia, em um aumento de 150% no mesmo período do ano anterior.

As ações do ICE se dão todos os dias, o que reforça as promessas de campanha de Trump, que deportaria milhões de imigrantes, primeiro os que são uma ameaça e ao que se mostra, todo aquele que simplesmente for um indocumentado, mesmo que seja um trabalhador, coisa que os linhas duras têm buscado cumprir a risca.