Share
Valorizando os corredores

Valorizando os corredores

Edição de abril/2017 – pág. 48

A decoração do corredor geralmente é deixada de lado quando resolvemos pensar nas composições da nossa casa. Além de ser um cantinho bastante limitado e estreito, ele também é lugar de passagem, iluminado somente com luz artificial. Todas estas características fazem com que o corredor seja um verdadeiro desafio na hora de decorar e ao mesmo tempo um convite e tanto para você testar até onde vai sua criatividade. Os corredores podem muito bem incrementar o visual da casa e ainda serem úteis, com móveis, nichos e estantes. Para evitar erros, confira abaixo 5 maneiras de aproveitar melhor o espaço.

1 – O espaço mínimo de circulação de um corredor residencial é de 90 cm. Se for mais largo, é possível instalar até uma estante, sendo que 30 cm de profundidade já proporciona uma ajuda e tanto para guardar itens diversos;

2 – Se quiser colocar nichos e prateleiras no corredor, fique atento às medidas. Caso apresente o espaço de circulação mínimo de 90 cm livre para passagem, é interessante apostar em itens vazados ou aparadores bem estreitos;

3 – Quadros e fotos emolduradas devem ficar na linha do olhar. Siga a medida de 1,40 m a 1,20 m de altura do chão ao centro da peça, quando o assunto é uma ou duas obras. Se quiser apostar em várias, o que importa é a composição;

4 – A dica para fugir de excessos é usar apenas 1/3 da parede com fotos, objetos ou móveis. “Mas vale lembrar que, dependendo do espaço e da necessidade, podemos aproveitar toda uma parede”, mas atenção, nunca preencha as duas paredes do corredor.

5 – Em um corredor muito curto, que tal escolher uma parede e apostar em espelho para ampliar e trazer luz natural? Em um muito comprido, a sugestão é colocar quadros em linha com uma passadeira.